Cheiro de manguaça

O Sportv e a ESPN estão exibindo imagens do treino coletivo da Seleção, direto de Teresópolis. Movimentação  sonolenta, sem qualquer entusiasmo ou grandes jogadas. Tudo na base do recebe-e-passa, com Dunga quieto, só olhando, sem interromper os jogadores.

Aí surge um visitante ilustre: Vampeta, que enganou no Corinthians e na própria Seleção de 1994, e ficou mais famoso pelo escorregão na rampa do Planalto diante de FHC. “Vim rever os amigos, matar as saudades, depois de oito anos sem visitar Teresópolis”, explica aos repórteres, todo pimpão.

De imediato, ficou aquele cheiro de manguaça no ar. Menos ruim para Dunga que o biriteiro Adriano está fora do escrete. Só terá mesmo que se preocupar com Robinho, outro notório parceiro de baladas do velho Vampeta.

2 comentários em “Cheiro de manguaça

Deixe uma resposta