A falsa indignação do cartolão

Do blog de Juca Kfouri:

Ricardo Teixeira acha que engana alguém. Mostrou-se “indignado” com o vazamento da escolha das 12 cidades-sede da Copa-2014.

Ninguém de sua confiança, detentor da informação, teria coragem de vazar sem o OK dele, porque seria facilmente identificado. Ele apenas joga para a platéia, ou melhor, tenta comprar a complacência dos veículos que não favorece.

Mais velho que andar para frente. Não é diferente de sua tentativa de convencer os ingênuos de que quem escolhe as sedes é a Fifa. Alguém acredita que a Fifa escolheria uma cidade que não fosse do agrado do presidente da federação do país que sediará uma Copa do Mundo?

Se você acha que sim, que é possível que seja assim mesmo, responda rápido: por que a romaria de políticos em visita à CBF?

Juca, que foi um dos primeiros a dizer que Manaus venceria a disputa com Belém, acerta na mosca ao avaliar que o vazamento da lista das 12 escolhidas teve o aval do chefão da CBF. Só os néscios acreditariam na “neutralidade” de Teixeira no assunto. Um senhor cara de pau.

4 comentários em “A falsa indignação do cartolão

  1. A Populacao podia entrar na justica e pedir o dinheiro investido de volta. Foi tudo uma farsa e a gente nao pode e nem deve continuar a ser enganado dessa forma.

    Se o Belenense nao tomar vergonha na cara e’ pq realmente na a tem.

    Curtir

  2. Nunca se falou tanta besteira no rádio do Pará como hoje, nas horas que antecederam a “escolha” das sedes.
    Como se tivessem fugido do manicômio, “otimistas” circulavam por toda parte, apesar do vazamento de sexta-feira. Surgiram até notícias mirabolantes de uma estapafúrdia “reviravolta” de última hora, onde Belém arrebatava heroicamente a sede das mãos de Manaus, ou mesmo uma bizarra divisão da sede, acertada no derradeiro instante. Este domingo entrará para a história como o dia em que o rádio enlouqueceu. Tá certo que havia uma festa preparada pela prefeitura e outra pelo governo (um absurdo!), e era preciso fazer de tudo para não esvaziá-las, mas incorrer em tantas bobagens chegou a ser uma ofensa a inteligência dos ouvintes. Em tempo: qual será o QI daquelas pobres almas que foram à Praça da República “torcer” pela escolha de Belém?

    Curtir

    1. Sérgio,
      No fundo, o vazamento da notícia na sexta foi o ensaio do funeral de hoje. Quando o Ancelmo Góis, jornalista conceituado, deu aquela informação é porque tudo já estava sacramentado. Admito que tinha uma ponta de esperança, mas o resultado anunciado confirmou as verdades que a gente recusa a ver. O esquema é pesado, bruto e envolve grana, acima de tudo. Vida que segue.

      Curtir

  3. Os jornalistas Juca e Ancelmo, além de cumprirem o sagrado dever de informar, ao anteciparem o infortúnio, de alguma forma, mitigaram a decepção. Certamente seria mais doloroso se não fosse assim. Nada justifica a incompetência dos governantes e comandantes. Vamos sofrer muito essa dor, antes, durante e depois da copa. Ela será inesquecível, imperdoável. Para nós, paraenses, será igual a perda da copa de 50.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s