Rodoviários voltam ao trabalho

Acordo firmado na tarde desta quinta-feira, no TRT, pôs fim à greve dos rodoviários de Ananindeua e Marituba, que já durava três dias. Discutindo sobre os dias parados, o grande impasse entre as categorias, foi aceita a proposta da presidência do tribunal no sentido das partes dividirem o ônus, ou seja, dos três dias de movimento grevista, as empresas representadas pela Federação pagarão o correspondente a um dia e meio e descontarão um dia e meio dos trabalhadores. A proposta foi aceita pela categoria profissional, desistindo a Fetranorte da ação declaratória de abusividade de greve. (Mais detalhes na edição do DIÁRIO desta sexta-feira, 29/05)

Deixe uma resposta