Tribunal anula julgamento de jogadores e Parazão vai ser reiniciado

Por entender que os atletas Hatos (Bragantino) e Guga (Águia) foram julgados à revelia em 2021, o TJD decidiu (por 7 a 2) anular o julgamento e extinguir a sentença que penalizou os dois atletas. Com isso, a denúncia apresentada pelo Paragominas caiu por terra e o Campeonato Paraense será reiniciado ainda nesta semana com jogos da 2ª fase. A competição estava suspensa desde terça-feira, 8, por conta do recurso do PFC.

Hatos e Guga tinham sido expulsos no jogo de ida das quartas de final do Parazão 2021, atuando pelo Itupiranga. Na ocasião, Guga (foto) cumpriu suspensão no jogo de volta e, após a eliminação do clube, o meia foi julgado pelo TJD-PA e pegou dois jogos de gancho. Como já havia cumprido um, deveria cumprir o outro na próxima competição promovida pela FPF. O Águia contratou o meia e, assim como de outros atletas, solicitou uma consulta à Federação sobre possíveis irregularidades.

Acontece que Guga e Hatos não foram notificados do julgamento e, por conta disso, foram condenados à revelia. Este foi o motivo da anulação da sentença pelo TJD na sessão desta segunda-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s