Leão sufoca, mas goleiro brilha e evita derrota da Lusa

Remo x Tuna Luso, Baenão, Campeonato Paraense 2022

Terminou sem gols o clássico da quinta rodada do Campeonato Paraense 2022. Remo e Tuna fizeram um jogo bastante movimentado, com superioridade remista, mas o Leão perdeu várias oportunidades para balançar as redes. O goleiro tunante foi peça destacada, fechando o gol e garantindo o 0 a 0. Apesar de algumas vaias da torcida, o Remo cumpriu sua melhor atuação no campeonato.

No primeiro tempo, o Remo pressionou muito, mas as chances foram poucas. Na etapa final, as oportunidades se repetiam em sequência, mas o ataque azulino falhava nos arremates ou mandava a bola nas mãos do guardião Vítor Lube.

Com duas mudanças importantes – Everton Sena e Paulinho substituíram Daniel Felipe e Uchoa -, Paulo Bonamigo montou um Remo bastante ofensivo, com Erick Flores aberto pela esquerda, Brenner centralizado e Bruno Alves em dupla com Ricardo Luz pela direita.

Os melhores momentos do Leão começaram com chance incrível perdida por Bruno Alves logo aos 4 minutos do 2º tempo. Ele recebeu passe de Brenner e chutou, mas a bola bateu em Lucão que estava em cima da linha fatal. Aos 8′, Bruno Alves entrou livre pela direita, mas o chute cruzado foi parar nas mãos de Vítor Lube.

Remo 0×0 Tuna (Brenner)

Aos 16′, Bruno é lançado, aplica um chapéu em Lucão e cruza para Brenner, que fechava na pequena área. O lateral Léo Rosa chega cortando e evita o gol. A bola vai para escanteio.

Em lance que lembrou o penal cometido pelo zagueiro Tiago Silva (Chelsea) na final do Mundial de Clubes, no sábado, o volante Kauê deu um tapa na bola ao disputar pelo alto com Brenner, mas o árbitro Gustavo Melo e a auxiliar não perceberam a infração e o jogo seguiu normalmente.

Aos 11′, Bruno Alves cruzou e Pingo chegou finalizando, mesmo prensado. A bola saiu à esquerda da trave. Aos 22′, Gedoz bate pressionado e Vítor Lube se estica para salvar. Na sequência do lance, a bola sobra para Pingo, que dispara no ângulo, mas o goleiro salta e espalma para escanteio.

Na reta final da partida, Felipe Gedoz chutou e Vítor defendeu em dois tempos. O meia ainda aproveitou o rebote, mas a bola passou rente ao poste. Aos 39′, Gedoz experimentou de fora da área e a bola bateu na trave esquerda da meta cruzmaltina.

Quase ao final, em contra-ataque, Lucas Cunha não aproveitou cruzamento rasteiro de Luan Santos, saindo com bola e tudo, perdendo boa chance para a Tuna. 

Com o empate, o Remo soma 11 pontos no grupo C e a Tuna chegou a 8 pontos no grupo B, ambos na liderança de suas chaves. (Fotos: Samara Miranda/Ascom Remo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s