Loco Abreu lança livro e reafirma juras de amor pela Estrela Solitária

Lançamento do livro sobre a passagem de Loco Abreu pelo Botafogo — Foto: André Durão

Foi lançado na noite desta segunda-feira, no salão nobre de General Severiano, o livro “Loco por ti – As juras de amor eterno entre Loco Abreu e a Estrela Solitária”, que conta a avassaladora passagem do atacante uruguaio Loco Abreu no auge da carreira pelo Botafogo.

O lançamento aconteceu com a presença do ex-jogador, que participou de uma noite de autógrafos ao lado dos dois autores, o jornalista Gustavo Rotstein e o biógrafo Marcos Eduardo Neves.

A obra está disponível para compra no Mercado Livre e em algumas livrarias. É possível adquirir ainda o e-book na Amazon.

– É um dia feliz, fazer um lançamento presencial, poder curtir com o torcedor. Poder tirar fotos com as crianças. E poder, humildemente, levar um pouco da minha vida sentimental aqui dentro do Botafogo. Eu fui adotado pelo clube, pela torcida, porque eu consegui rapidamente entender o sentimento do torcedor, com o sentimento do clube – disse Loco Abreu no lançamento.

O atacante uruguaio ainda falou sobre a honra de ser lembrado com tanto carinho pelos torcedores do Botafogo e estar ao lado de grandes craques no muro de ídolos do clube.

“Eu fico com vergonha no meio daqueles caras lá. Aqueles eram craques de verdade. E eu poder estar ao lado deles. Sempre vou ficar agradecido por este espaço. O Botafogo tem muitos anos de vida, muitos jogadores, muita história, então é uma honra, muita gratidão”.

As 130 páginas começam com um depoimento de Joel Santana exaltando o uruguaio, mesmo com as rusgas táticas que tiveram ao longo da passagem do treinador campeão carioca há 11 anos. Em seguida vêm 21 capítulos de uma história contada em primeira pessoa pelo próprio Washington Sebastián Abreu Gallo, o Loco Abreu.

Botafogo agradece Loco Abreu após aposentadoria: 'Que bom que nossas  histórias se encontraram' | LANCE!

Toda a passagem de Loco pelo Botafogo está narrada pelo camisa 13 no livro – inclusive as quase voltas que ele teve. Mas foi depois da saída do ídolo que a ideia de contar uma história sobre esse período veio à cabeça de Gustavo Rotstein, que cobria o dia a dia do clube.

Além da visão de Loco Abreu, o livro também tem alguns choques de versões, principalmente entre o que conta o uruguaio e o que diz o ex-vice-presidente de futebol do clube, André Silva, na primeira gestão de Maurício Assumpção. O ex-dirigente fala abertamente como foi a saída do jogador e tem alguns detalhes que não batem com o que o atacante diz.

O livro narra a jornada do atacante em 2010, incluindo o período na Copa da África do Sul, quando fez jus ao apelido diante do mundo todo. Segundo o jornalista e autor do livro, Gustavo Rotstein, um dos primeiros a receber o livro, antes mesmo do lançamento, foi ninguém menos que o técnico Pep Guardiola, do Manchester City.

“O livro chegou ao Guardiola pelo auxiliar dele, o Lillo. Ele treinou o Guardiola e o Loco no Dourados, do México, no início dos anos 2000. Quando eu falei do livro, ele pediu que eu enviasse para os dois e recebi a foto deles com o livro. O Guardiola tem um autógrafo meu (risos)”, disse Rotstein. (Do GE)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s