2 comentários em “O passado é uma parada

  1. Prezado Gerson. Estou escrevendo algo que nem sei se alguém vai ler, mas me sinto confortável fazendo isto. Ainda sobre o rebaixamento do Remo, é verdade que o time do remo contribuiu com o fato, o time perdeu o foco, caiu de produção, mas mesmo assim vi algo que não foi discutido maciçamente pela imprensa. No jogo que culminou com o rebaixamento o remo foi garfado pelo juiz. Todo mundo viu claramente o toque de mão do componente da barreira quando Gedoz bateu a falta e o que mais me assustou é que os atletas não foram reenvidicar naquele momento a não ser o Gedoz de uma forma sutil. Apenas li o 3o goleiro fazendo comentário no diário e nada mais. Mesmo com suas deficiências o Remo deveria permanecer na série B. Não quero nem comentar sobre o gol do Neto que foi anulado. Em fim somos sempre prejudicados e fica por isso mesmo.
    Até. Prof. Dr. Edison Rodrigues.

    Curtir

    1. Amigo Edilson, bem-vindo ao nosso fórum lítero-musical-futeboleiro. Quanto à garfada, eu falei inúmeras vezes na coluna, no blog, na Rádio Clube, no Bola na Torre e no DOL. O gol do Neto foi anulado de forma esquisita e houve essa bola que tocou na mão do zagueiro do Confiança. Estranho que o árbitro não tenha revisado o lance no VAR. Aliás, quase uma rotina em jogos do Remo dentro de casa.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s