Romércio e Mateus deixam o Remo após a queda para a Série C

Romércio não permanece no Leão em 2022

Um dia depois do rebaixamento para a Série C, dois dias antes das semifinais da Copa Verde, a diretoria do Remo inicia o processo de desmanche do elenco que disputou a Série B. Os três primeiros, segundo reportagem do DOL, são os zagueiros Romércio e Edu e o meia-atacante Mateus Oliveira. Nos próximos dias, devem ser liberados mais dois atletas – um deles seria o lateral esquerdo Igor Fernandes.

Romércio teve um bom início de temporada, mas sofreu uma lesão séria no meio do Brasileiro e quando voltou não reeditou as boas atuações anteriores. Falhou no lance do gol do Londrina, no Baenão, que é apontado como um jogo crucial (no sentido negativo) para o rebaixamento do Leão.

2 comentários em “Romércio e Mateus deixam o Remo após a queda para a Série C

  1. Sim. Sempre deixo para depois os comentários, pois procuro digerir os resultados não me empolgando com eventuais vitórias, por vezes imerecidas, ou por derrotas.
    Sabe-se que futebol não se decide somente dentro de campo.
    Desde o início, percebi que a ausência do polêmico VAR vinha prejudicando o Remo. No início do segundo turno, por incrível que pareça, a existência do VAR também veio a prejudicar o Clube do Remo, naquele jogo contra o CRB.
    Seriam pontos suficientes para manter o clube na série B.
    É certo que as lesões prejudicaram sensivelmente o time, que, com chegada de Felipe Conceição, saiu da lanterna absoluta para a faixa intermediária. Conseguiu ele tirar leite de pedra até que não deu mais.
    Por paradoxal que seja, o sucesso inicial de Felipe foi prejudicial ao Remo, que somente o substituiu bem tarde, com apenas três rodadas para o final. Se o Remo tivesse conseguido sua manutenção, Batista e a diretoria seriam grandemente elogiados. Mas não foi assim. Ele não conhecia o elenco, insistindo com Mateus Oliveira e com Vitor Andrade, que não respeita os colegas de profissão.
    Mas a falha crucial mesmo foi o imperdoável vacilo do experiente Romércio quando entregou aquela bola para Zeca, no jogo contra Londrina, que àquela altura estava a 6 pontos abaixo do Remo.
    Grupo A da série C de 2022 vai ser mais forte.
    Vida que segue.

Deixe uma resposta