Brasil de Bolsonaro: quantidade de armas com civis dobra em três anos

O número de armas registradas por civis na Polícia Federal dobrou nos últimos três anos. É o que mostra o Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta quinta-feira (15). A estatística, dizem especialistas, é um resultado direto das políticas do governo federal que incentivam a aquisição de armas pela população.

Os dados, que são compilados, analisados e publicados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, revelaram ainda um crescimento 43% em apenas um ano nos pedidos de registro dos chamados CACs (caçadores, atiradores desportivos e colecionadores), que eram 200 mil em 2019, chegando a 287 mil em 2020.

Em 11 estados o crescimento no registro de armas de fogo por civis ficou acima da média nacional. O Distrito Federal ocupou a primeira posição disparado, com um aumento de 562% no último triênio. Lá, os cidadãos tinham 355.693 armas em 2017, número que chegou a 236.296 no ano passado.

Além do número de civis armados, aumentou também o tamanho do arsenal guardado dentro das casas dos brasileiros, já que mudanças na legislação propostas pela gestão de Jair Bolsonaro alteraram a quantidade de armas que cada cidadão pode comprar. (Da Revista Fórum)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s