Ivete tira responsabilidade de Bolsonaro por 500 mil mortos: “Não é sobre partidos”

Bancando a isentona, Ivete Sangalo lamentou as 500 mil mortes por covid-19 retirando a culpa de Jair Bolsonaro pelos óbitos. “Não é sobre partidos, é sobre humanidade”, disse ela em postagem nas redes sociais.

A cantora, que já disse que “não gosta de politicagem”, foi dormir neste domingo (20) com amplas críticas dos internautas, que já haviam cobrado um posicionamento mais claro da cantora sobre o genocídio no país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s