Papão é condenado pela Justiça a pagar R$ 520 mil a atacante

Paysandu é condenado a pagar dívida de meio milhão para ex-atacante - Crédito: Divulgação/Paysandu

Uma antiga novela volta a atormentar os arraiais bicolores. O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8) condenou o Paissandu a pagar a quantia de R$ 520.519,97 ao atacante Bruno Veiga. O valor é referente a multas, salários, acidente de trabalho e direito de imagem. Cabe recurso à decisão. O valor inicial da causa era de R$ 1.117.792,20. O julgamento aconteceu na manhã desta terça-feira, 9, através de videoconferência.

O departamento jurídico do PSC ainda pode recorrer ao Tribunal Superior do Trabalho (TST). Bruno Veiga defendeu o clube em duas oportunidades. Foi contratado em 2014, por empréstimo, junto ao Fluminense. Naquela temporada, foi vice-campeão da Série C pelo time paraense, onde ficou até 2015.

Em 2016, voltou ao clube assinando um polêmico contrato de três anos de duração. Entretanto, não correspondeu às expectativas e encerrou o vínculo sendo emprestado ao Cuiabá. No PSC, Veiga acumula dois títulos estaduais (2016 e 2017) e uma Copa Verde (2016). Marcou 17 gols em 48 jogos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s