Venezuela, quem diria, começa a vacinar população contra covid-19 em janeiro

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, anunciou ontem (29) que o país já está com tudo pronto para o início da vacinação já nos primeiros dias de janeiro de 2021. As primeiras pessoas a terem acesso à imunização serão profissionais da saúde e pessoas pertencentes aos grupos de risco, incluindo imigrantes de qualquer país.

“Firmamos contrato para 10 milhões de doses da vacina Sputnik V. Elas serão distribuídas gratuitamente para toda a população que vive na Venezuela, seja colombiano, equatoriano, peruano, português ou italiano. Não vamos fazer como o bárbaro terrorista sanguinário Ivan Duque”, criticou Maduro, em referência à decisão do presidente da Colômbia de vetar o acesso à vacina para os imigrantes venezuelanos que vivem no país. Para Nicolás Maduro está foi uma decisão criminosa, nazista e xenófoba.

Pelo Twitter, a vice-presidenta executiva da República Bolivariana da Venezuela Delcy Rodríguez agradeceu a Rússia e disse que “nenhum bloqueio criminoso irá minar o sagrado direito de nosso povo de ter acesso à vacina para controlar uma das pandemias mais terríveis que a humanidade já sofreu”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s