Sete vezes Hamilton

Imagem

A Fórmula 1 tem um novo heptacampeão mundial: com mais uma atuação genial, Lewis Hamilton venceu neste domingo o Grande Prêmio da Turquia e igualou o alemão Michael Schumacher como o maior campeão de todos os tempos. De quebra, chegou à 94ª vitória, ampliando o próprio recorde. O inglês da Mercedes superou um começo difícil com a pista mais molhada pela chuva, andou parte da prova no quinto e sexto lugares e surgiu com força total quando o asfalto começou a secar.

Viu os adversários trocarem os pneus intermediários, manteve-se na pista, passou o líder Sergio Pérez, da Racing Point, e disparou para a décima vitória em 14 corridas na temporada, 31 segundos à frente do mexicano. Este chegou a ser ultrapassado por Charles Leclerc na última volta, mas o monegasco da Ferrari errou e ainda caiu para quarto, atrás do companheiro Sebastian Vettel, que subiu ao pódio pela primeira vez em 2020. Depois da corrida, Hamilton mandou pelo rádio uma mensagem para as crianças acreditarem nos seus sonhos.

Hamilton precisava somar apenas oito pontos a mais do que o companheiro Valtteri Bottas, único que ainda tinha chances de lhe tirar o hepta, mas ele não só venceu, como viu o finlandês ter uma atuação apática e cruzar a linha de chegada apenas em 14º, após rodar por seis vezes.

Agora, Hamilton soma 307 contra 197 de Bottas, que ainda pode perder o vice para Max Verstappen, sexto na prova de Istambul após uma rodada espetacular quando era o terceiro – o holandês soma 170 pontos.

Hamilton chora após conquistar o heptacampeonato mundial — Foto: Getty Images

O mundo dos esportes teve um belo motivo para comemorar neste domingo. Aliás, um não, sete belos motivos. Atletas das mais diversas modalidades celebraram o heptacampeonato histórico do piloto de Fórmula 1 britânico Lewis Hamilton, conquistado pela manhã no circuito de Istambul, na Turquia, quando igualou a marca do alemão Michael Schumacher. E o parabenizaram pelas redes sociais.

Do jogador de futebol brasileiro Neymar ao tenista sérvio Novak Djokovic, dos surfistas Gabriel Medina e Ítalo Ferreira ao atacante Gabigol, passando pelos ex-pilotos da Fórmula 1 brasileiros Emerson Fittipaldi, Rubens Barrichello e Felipe Massa, todos se renderam à velocidade de Hamilton. (Com informações do G1, GE e ESPN)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s