Maradona faz 60 anos e garante que teria ganho “uma tonelada” de Bolas de Ouro

Imagem

Há exatamente 60 anos, Diego Maradona nascia em Lanús, na Argentina. Em comemoração, El Pibe de Oro concedeu uma entrevista exclusiva à France Football. Entre outros assuntos, falou sobre os jogadores que admira, a Bola de Ouro e o polêmico gol de mão na Copa do Mundo de 1986, intitulado “la mano de Dios” (“a mão de Deus”, em espanhol).

Até 1995, apenas jogadores europeus podiam competir pela Bola de Ouro. Depois da liberação, cinco sul-americanos venceram a disputa: Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Kaká e Messi. Maradona recebeu um prêmio honorário.

“Antes, nós sul-americanos não tínhamos chance de conquistar esse troféu. Caso contrário, teria acumulado mais de um, com certeza. Eu teria ganhado uma tonelada!”
Maradona

Imagem

Ao ser questionado a respeito de qual seria o seu presente de aniversário dos sonhos, Maradona brincou ao dizer: “Fazer mais um gol contra os ingleses, desta vez com a mão direita”.

Quando precisou listar quais são os melhores jogadores da atualidade, o argentino não se esquivou e logo respondeu: Messi e Cristiano Ronaldo. O atual técnico do Gimnasia y Esgrima La Plata também lembrou de Mbappé, mas acredita que ele ainda é muito jovem e tem muito a evoluir.

– Cristiano e Messi. Para mim, esses dois estão um pouco acima dos outros. Não vejo ninguém se aproximando deles. Nenhum deles faz metade do que eles fazem. Ele [Mbappé] é um jogador fantástico, mas ainda é uma criança. Tem que jogar partidas e mais partidas, competir em muitas competições para continuar crescendo.

Maradona também falou sobre sua complicada relação com o ex-presidente da Federação Argentina, Julio Grondona – que exerceu a função de 1979 a 2014, ano de sua morte. Além disso, o treinador falou também sobre a pandemia de coronavírus. Recentemente ele entrou em isolamento social após contato com caso suspeito da doença.

– Depois de liderar nossa seleção na Copa do Mundo 2010, tive que deixar de praticar meu trabalho e viver minha paixão em outros países porque Julio Grondona não me queria. Passei muitos anos no exterior e agora estou de volta em casa, felizmente. As circunstâncias não são das melhores com essa pandemia que caiu sobre nós. É um verdadeiro golpe para todos os povos da América Latina. (Do GE)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s