O goleiro crucificado

POR GERSON NOGUEIRA

Após drama pessoal, Gabriel Leite desabafa: 'Meu pai era o cara que mais me  ajudava no futebol' - Portal Roma News

O Re-Pa, realizado no sábado à noite, continua a render pauta e a agitar a semana no PSC. O debate é sobre a permanência ou não do goleiro Gabriel Leite como titular. Alvo preferido dos corneteiros, que o acusam de ter falhado no clássico, o arqueiro teria manifestado sua insatisfação à comissão técnica.

Quem viu o clássico com olhos mais distanciados, não pode atribuir a Gabriel (ou a qualquer outro jogador) o revés sofrido pelo Papão. Foi um jogo de acentuado equilíbrio, vencido pelo time que foi mais objetivo e certeiro nas finalizações.

Estamos, ao que parece, diante da velha mania do torcedor de eleger culpados quando não encontra explicações para uma derrota. E o goleiro é, invariavelmente, escolhido para servir de vilão.

Gabriel, por sinal, fez grandes defesas e evitou o pior ao espalmar chute de Wallace no ângulo direito, logo depois que o Remo chegou ao segundo gol. Caso a bola entrasse, o placar iria a 3 a 0, praticamente liquidando a fatura.

O PSC, depois de um começo claudicante no segundo tempo, se recompôs no jogo com a entrada dos laterais Netinho e Diego Matos, dos meias Luiz Felipe e Alex Maranhão e do atacante Elielton.

Além disso, os gols azulinos não tiveram qualquer colaboração do goleiro. No primeiro, após trama com Ricardo Luz, Hélio Borges apareceu livre dentro da área para receber o passe e finalizar sem chances para Gabriel Leite.

O lance do segundo gol, novamente iniciado por Hélio, teve cruzamento de Luz que Wallace quase desviou para o gol e passou por toda a linha de defesa do PSC. Carlos Alberto recebeu do lado esquerdo e passou para Marlon fuzilar em direção ao gol. A bola passou entre as pernas de Tony antes de entrar no gol. Gabriel não tinha muito o que fazer.

O mesmo pode-se dizer da jogada do terceiro gol. Dioguinho avançou até a área, a bola sobrou para Wallace, que limpou e bateu entre cinco defensores. Gabriel só deve ter visto a bola chegar quando estava em cima, sem muita margem de manobra para evitar o gol.

Pelas leis do bom senso, o técnico Matheus Costa dificilmente irá sacar Gabriel Leite do time, até porque isso de certa maneira iria respaldar as críticas dirigidas ao guardião.

É provável que, mais à frente, Matheus resolva estabelecer um rodízio dando oportunidade aos outros goleiros do elenco – o Papão tem cinco: Gabriel, Paulo Ricardo, André Grandi, Adaylton e Afonso.

Pela ordem natural das coisas, mexer agora poderia até satisfazer a sanha corneteira dos pachecos de plantão, mas iria gerar uma insegurança desnecessária no setor defensivo, que treina e joga com Gabriel desde antes da pandemia. A lógica indica que o goleiro continuará no time para o confronto com o Santa Cruz.         

Grande combatente azulino rende homenagem a Bonamigo

“Remista por tradição e convicção estou eufórico com a grande exibição do Remo no “frenético” Re-Pá do último sábado. Veterano de grandes exibições na história gloriosa do Mais Querido, passada a euforia o momento é de reflexões. Para isso me baseio na lúcida entrevista do Paulo Bonamigo, após o jogo. Dois aspectos me chamaram a atenção:

O primeiro, Bonamigo faz uma análise realista do nosso time. Mostra que ainda tem de melhorar muito para conquistar seus objetivos; a segunda, um show de visão do jogo.

Mostra a importância do Hélio, na equipe. Mostrou que o Hélio correu dez quilômetros, cobrindo às investidas do nosso lateral, Ricardo Luz, e dialogando com ele como fez no primeiro gol do Remo. Os meninos da base têm de ter sequência de jogos.

O alerta do Bonamigo veio na hora certa. O Remo precisa suprir algumas deficiências. Um só brilhante resultado não dá a tranquilidade necessária. Paulo Bonamigo é o homem certo no lugar certo.

Agradecendo a ele estendo a todos os jogadores, e aos que dão suporte médico, físico e emocional ao clube.

Eu me associo ao pensamento que há muito de trabalhar. Mas, estamos com um excelente comandante.

Saudações azulinas.

a) Ronaldo Passarinho

Trivial variado dos ilustres baluartes da coluna

“Seu relato a respeito do Wallace me mareou os olhos. Fiquei imaginando as cenas conforme ia me emocionando com seu texto. Realmente nada mais gratificante do que fazer feliz aqueles que amamos. Parabéns pela linda exposição, senti que você também estava emocionado ao escrevê-la”. Antonio Braga

“Desejo todo sucesso ao Wallace, assim como aos demais jogadores oriundos da base: Hélio Borges, Laílson e demais. Plena recuperação para o Ronald. (…) Eddie Van Halen manteve viva a tradição dos guitarristas que fazem jus ao instrumento que carregam”. Elias Gusmão

“Gersão pegou pesado com esse texto ‘Alegria dos Meninos’, até lagrimei aqui. Parabéns pelo trabalho, espero que tenhamos mais Wallace’s e Rony’s para lermos no futuro”. Oz-Afonso

“Belo texto. Como de praxe. Observei o vídeo do Wallace como um cotidiano que jamais quem vem de fora terá a sensação. Para Wallace e os garotos da base, o clássico não termina após o apito do juiz. Ele continua nas encarnações e quem é da terra passa por isso enquanto que aqueles que são de fora jamais poderão experimentar essa experiência. Uns até encaram com indiferença, sendo apenas mais um jogo. Nós, nativos, temos a verdadeira dimensão do Re-Pa”. Wendell Correa

(Coluna publicada na edição do Bola desta quinta-feira, 08)

2 comentários em “O goleiro crucificado

  1. Um treinador mais astuto teria colocado o time Bicolor mais atento as jogadas criadas com muita facilidade do lado direito do Paysandu, infelizmente, o atual não tem noção alguma da importância de um RexPa.
    Não sou viúva do Hélio dos Anjos, porém quando dirigiu os dois gigantes soube tirar leite de pedra e até coelhos de cartola rumo a vitórias empolgantes.
    Não estou nada satisfeito com a atual direção Bicolor vejo como amadores, mais torcedores que profissionais.
    Vida que segue.
    E o futebol premia às vezes a quem é mais efetivo nas finalizações.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s