Bolsonaro e filhos gastaram R$ 29,5 milhões com funcionários fantasmas, diz revista

A família do presidente Jair Bolsonaro teria pago, ao longo de 28 anos, cerca de 29,5 milhões de salários a supostos funcionários fantasmas. O levantamento foi feito pela revista Época.

De acordo com a reportagem, do total destinado aos 286 funcionários que o presidente e seus três filhos mais velhos contrataram em seus gabinetes, 28% foi depositado na conta de servidores com indícios de que efetivamente não trabalharam.

Enquanto recebiam, os profissionais tinham outras profissões como cabeleireira, veterinário, babá e personal trainer, como é o caso de Nathalia Queiroz, filha de Fabrício Queiroz, apontado pelo MP como operador do esquema da rachadinha no gabinete de Flávio.

Juntos, os 39 receberam um total de 16,7 milhões reais em salários brutos (o equivalente a 29,5 milhões em valores corrigidos pela inflação do período) durante o período em que trabalharam com a família.

Entre os funcionários suspeitos de serem fantasmas, 17 estiveram no gabinete do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), outros trabalharam com o vereador Carlos Bolsonaro (Republicamos-RJ).

Quando Bolsonaro era deputado federal, seriam três os funcionários contratados que não trabalhavam. A reportagem mostra que nove pessoas teriam passado por mais de um gabinete da família.

Além dos casos envolvendo a família de Queiroz, a maioria dos funcionários tem envolvimento com Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente.

A maior parte deles é investigada pelo Ministério Público por estarem nos gabinetes de Flávio e Carlos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s