Marieta: país vive catástrofe e governo não aceita contestações

A atriz Marieta Severo considerou que o cenário de turno do país é catastrófico. Ela ressaltou que o governo Bolsonaro não aceita críticas e que ideologiza todos os temas importantes para o país, sobretudo a cultura. 

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, ela disse: “A nossa profissão [de artista] é crítica, é contestação. E eles [o governo] não aguentam contestação. Tudo isso que está acontecendo é orquestrado, não é por acaso. Estão acabando com o cinema, o teatro não tem apoio nenhum. É absolutamente catastrófico você pensar num governo que tem a sua cultura como inimiga – é ter o país como inimigo.”

Marieta ainda declarou: “Eu respeito profundamente quem não quer se posicionar, mas eu preciso dizer, falar. A gente tem que se colocar politicamente, cada vez mais. Estamos indo para um terreno de um conservadorismo absurdo, louco, medieval”.

Deixe uma resposta