O epitáfio de Raul

Imagem

“Hoje é fácil elogiar Raulzito, mas em 1989, a história era outra: ninguém queria nada com ele. Marcelo Nova, fã e amigo, pediu à sua então gravadora, a Warner, para gravar um disco com Raul. O resultado foi ‘A Panela do Diabo’, epitáfio de Raul Seixas. Valeu, Marceleza…”.

(by André Barcinski)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s