A greve dos Correios ou a volta do anzol

Imagem

Em 2015, carteiros foram às ruas apoiar a derrubada do governo Dilma Rousseff, apoiando o encaminhamento do golpe. A foto acima ficou marcada como simbolo do ódio ao PT. Agora, no governo que nasceu do golpe, os funcionários dos Correios sofrem com a ameaça de privatização e o achatamento dos salários.

Para reagir a isso, entraram em greve desde a terça-feira, 18. Por ironia, só terão o apoio das centrais sindicais e entidades que combateram a derrubada do governo Dilma e que fazem oposição a Bolsonaro.

Deixe uma resposta