Ana Moser: governo faz guerra de desinformação para a boiada passar

Ana Moser

Ana Moser é referência no voleibol brasileiro. Atuou nas quadras por 15 anos, de 1985 a 1999. Conquistou medalha olímpica (bronze em Atlanta, 1996) e 12 pódios em torneios mundiais, pela seleção e por clubes. Além da carreira vitoriosa, tornou-se referência em fazer do esporte ferramenta de inclusão social.

Foi um pouco dessa experiência que Ana Moser levou ao Café com MST. O bate-papo virtual, que contou também com o jornalista Juca Kfouri, foi realizado na noite desta segunda-feira (22). Conduzido pelo coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, João Paulo Rodrigues, teve a participação de Joba Alves, também integrante direção do MST. A nadadora Joanna Maranhão, convidada, não pode participar porque estava envolvida nos cuidados com seu bebê.

A ex-jogadora de vôlei lembrou dos 20 anos em que já atua na área social. Com a qualificação de professores, seu Instituto Esporte & Educação busca oferecer acesso ao esporte em periferias de cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. “O impacto do esporte para além de ser atleta”, explica.

Ana Moser relata que nesse tempo todo foi possível acreditar numa utopia, de um país capaz de diminuir desigualdades e ampliar oportunidades.

“O instituto começou em 2001 e passamos a viajar o Brasil em 2004 e 2005. A gente pegou a ampliação da educação, as escolas melhorando. A gente viu o Luz para Todos, cisterna no sertão, Prouni, Fies, esses programas todos. A educação transformando”, destaca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s