O dia do levante contra o fascismo em S. Paulo

Neste domingo (31), em São Paulo e em outras capitais, os bolsonaristas, intervencionistas, militaristas, ultranacionalistas e olavistas encontraram um contraponto para sua sandice. Na avenida Paulista, para onde tem se dirigido algumas centenas de bolsonaristas todos os domingos, contrariando as recomendações sanitárias e de isolamento em tempos de pandemia, um outro grupo se fez presente: os dos que se levantam contra pleitos antidemocráticos e contra o autoritarismo.

A Polícia Militar de São Paulo mostrou de que lado está – o que de resto não pode ser surpresa para ninguém -, atirando bombas nos antifascistas e deixando livres aqueles que carregavam bandeiras ultranacionalistas e pediam o fechamento do Congresso Nacional.

De qualquer maneira, a mensagem ficou clara. Há, no Brasil, com pandemia ou sem ela, quem se levante contra os que investem contra a democracia. Veja, abaixo, imagens deste domingo na avenida Paulista, da fotógrafa Thais Haliski.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s