E o PSDB acorda da longa soneca

PSDB, o partido que apoiou e ajudou a conduzir o golpe contra Dilma, postou no Twitter:

É inadmissível que, em meio à mais grave crise sanitária e econômica da nossa história,o país esteja se embrenhando em um conflito institucional de consequências tão imprevisíveis quanto decididamente nefastas para o povo brasileiro.

No momento em que o coronavírus causa mil novas mortes em média por dia, o país deveria estar unindo esforços para salvar vidas. Falta-nos, porém, coordenação e, sobretudo, liderança nacional. O PSDB jamais se afastará da defesa intransigente e firme da democracia.

Frente a ataques de minorias e seus representantes que enxergam na desarmonia entre os três poderes uma forma de buscar saídas autoritárias para o País, o PSDB condena qualquer tentativa de ruptura institucional e seguirá atento e firme na defesa das liberdades dos brasileiros.

É hora de todas as forças políticas, sociais e econômicas que compartilham o compromisso com a ordem democrática, a defesa das nossas instituições e o respeito inegociável às liberdades civis se mobilizarem, se organizarem e se unirem em favor de um único interesse: o Brasil.

Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB.

PSDB, o partido que apoiou e ajudou a conduzir o golpe contra Dilma, postou no Twitter:

É inadmissível que, em meio à mais grave crise sanitária e econômica da nossa história,o país esteja se embrenhando em um conflito institucional de consequências tão imprevisíveis quanto decididamente nefastas para o povo brasileiro.

No momento em que o coronavírus causa mil novas mortes em média por dia, o país deveria estar unindo esforços para salvar vidas. Falta-nos, porém, coordenação e, sobretudo, liderança nacional. O PSDB jamais se afastará da defesa intransigente e firme da democracia.

Frente a ataques de minorias e seus representantes que enxergam na desarmonia entre os três poderes uma forma de buscar saídas autoritárias para o País, o PSDB condena qualquer tentativa de ruptura institucional e seguirá atento e firme na defesa das liberdades dos brasileiros.

É hora de todas as forças políticas, sociais e econômicas que compartilham o compromisso com a ordem democrática, a defesa das nossas instituições e o respeito inegociável às liberdades civis se mobilizarem, se organizarem e se unirem em favor de um único interesse: o Brasil.

Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s