Centro das Indústrias do Pará apoia ideias do ministro do Meio Ambiente

Imagem

Em nota oficial divulgada ontem, o Centro das Indústria do Pará posiciona-se em defesa da reunião ministerial de 22 de abril, cujo conteúdo foi divulgado na sexta-feira (22) por decisão do ministro Celso de Mello, do STF. O CIP expressa solidariedade ao presidente da República e defende até os “muitos palavrões”, mostrando acreditar piamente no mandatário, “que não permitirá o roubo dos cofres públicos”.

A entidade critica a liberação da íntegra do vídeo e apoia totalmente as falas do ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, que durante a reunião sugeriu que o governo atue no sentido de flexibilize a legislação, aprovando de “baciada” pontos que favoreçam a exploração de florestas e reservas ambientais, aproveitando a “distração da mídia” com as notícias diárias sobre a pandemia.

A nota do CIP não se inibe de manifestar simpatia por uma reunião de ministério que chocou a todos pela baixaria, com ampla e negativa repercussão nacional e internacional, a partir do livre e desbocado uso de termos desrespeitosos e ofensivos, uma coleção de palavrões e insultos proferidos pelo presidente e por seus ministros.

Intitulado “Nota de posicionamento, apoio e protesto”, o documento do CIP deixa claro que a classe industrial do Pará marcha ao lado de todos os atos do atual governo, mesmo aqueles que representem clara ameaça à preservação da Amazônia.

Com o integral apoio à reunião, imagina-se que, por extensão, o CIP também seja favorável a algumas das brilhantes ideias expostas no encontro ministerial, como a prisão “dos vagabundos” do STF, proposição do ministro da Educação, Abraham Weintraub; a “prisão de governadores e prefeitos”, ideia surreal da ministra Damares Alves; e a fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, para quem pequenas empresas não precisam de apoio.

3 comentários em “Centro das Indústrias do Pará apoia ideias do ministro do Meio Ambiente

  1. A eleição do inominável não foi a toa, por este manifesto podemos ver como os donos do capital o apoiaram e estão dispostos a apoiar qualquer ato insano oriundo deste desgoverno.
    Cabe a nós neste momento o boicote a estes senhores e mostrar que o capital não vive sem o operário.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s