Juiz (diz que) se confundiu: D. Marisa tinha R$ 26 mil, e não R$ 256 milhões

Imagem

Os advogados do inventário de Marisa Letícia Lula da Silva afirmaram hoje que ela tinha R$ 26 mil em investimentos em certificados de depósito bancários (CDBs) — e não R$ 256 milhões, como afirmou o juiz Carlos Henrique André Lisboa, da 1ª Comarca de Família e Sucessões de São Bernardo do Campo (SP).

De acordo com nota emitida pelos advogados, o magistrado confundiu o valor unitário de cada certificado com o valor unitário de debêntures de outra natureza, e acabou estimando um valor dez mil vezes maior que o real.

Questionado, o juiz afirmou que “é vedado ao magistrado manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem.” A notícia de que Marisa Letícia teria investimentos de R$ 256 milhões de reais foi amplamente compartilhada, inclusive por membros do governo Bolsonaro — dois filhos do presidente, Carlos e Eduardo Bolsonaro (respectivamente vereador no Rio de Janeiro e deputado federal) e Regina Duarte.

Fake news sobre Dona Marisa com valor mil vezes maior que o real foi divulgada por dois filhos de Bolsonaro, por Regina Duarte e pela Jovem Pan. O PT já anunciou que irá processar os responsáveis pela divulgação de fake news na internet. (Transcrito do UOL)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s