A sentença eterna

“Talvez ingenuamente, não entendo como uma pessoa que enxerga o país à sua volta, vive suas desigualdades e sabe a causa de suas misérias pode não ser de esquerda. Ser de esquerda não é uma opção (minha), é uma decorrência”

Luis Fernando Verissimo, na Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s