“Não percebe que usar pessoas mortas e crianças para atacar quem você não gosta é asqueroso?”

O jornalista Augusto Nunes, comentarista da rádio Jovem Pan, bem que tentou, mas ainda assim levou um troco da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. Inicialmente, na semana passada, Nunes atacou o ex-presidente Lula por ter saído da prisão e não ter ido visitar os túmulos de sua ex-mulher Marisa Letícia, seu irmão Vavá e seu neto Arthur, que faleceu aos sete anos de idade, no ano passado.

A colunista da Folha corrigiu Nunes afirmando que os três haviam sido cremados, sem a existência, portanto, de túmulos. Além disso, criticou o jornalista pela escolha e abordagem do tema: Nunes cravou que o líder petista não fizera as visitas porque “Lula só pensa nele mesmo”.

Descontente com a correção de Mônica, Nunes tuítou nesta segunda-feira 18 que Vavá, irmão de Lula, está sim sepultado em cemitério, o que permitiria a visita de Lula, fazendo nova crítica ao ex-presidente. Mas a colunista da Folha, em tréplica, insistiu no que considera ser o ponto central dessa questão. Ela tuitou o seguinte:

“Deixe de usar crianças e pessoas mortas para atingir quem você não gosta, @augustonunes. Não percebe que isso é asqueroso?”.

Mônica Bergamo tem toda razão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s