Golpe na Bolívia é uma trama de machistas inspirados em Bolsonaro

Por Moisés Mendes

O golpe na Bolívia é mais do que uma trama contra as esquerdas, os indígenas e os pobres que estavam deixando de ser pobres.

É um golpe contra as mulheres. A direita ataca o poder real e institucional das mulheres da Bolívia.

O golpe boliviano é a grande obra do bolsonarismo latino-americano contra os avanços do poder feminino na representação política.

A Bolívia tem a maior presença feminina num Congresso em democracias ocidentais. Agora, uma ex-democracia em que até a presidente do Senado foi obrigada a renunciar.

Por isso esse foi mais do que um golpe sustentado por americanos, militares traidores e fundamentalistas religiosos. É a trama de machistas inspirados em Bolsonaro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s