Marinha norte-americana confirma autenticidade de três vídeos de OVNI’s

20190917060525_1200_675_-_ovni

OVNIs existem, acreditando você ou não em vida extraterrestre. A questão é que a sigla não tem, necessariamente, a ver com alienígenas, mas sim com eventos aéreos que não puderam ser compreendidos quando foram presenciados. Agora, a Marinha dos EUA reconheceu que três vídeos que vieram a público entre o fim de 2017 e o início de 2018, publicados inicialmente pela organização To The Stars Academy of Arts and Science e que tiveram o alcance ampliado após divulgação pelo New York Times.

Em comunicado, o órgão das forças armadas dos Estados Unidos afirmaram que os vídeos são verdadeiros e representam “fenômenos aéreos não-explicados”, o que, como dito acima, não significa que se trata de um disco voador ou uma espaçonave similar, mas apenas algo que não foi compreendido.

A confirmação veio por meio do site The Black Vault, mantido por um jornalista independente chamado John Greenewald, dedicado a armazenar e debater documentos governamentais que deixaram de ser confidenciais. Quando questionada diretamente sobre três vídeos, que ficaram conhecidos pelos codinomes de “FLIR1”, “Gimbal” e “Go Fast”, a Marinha confirmou sua autenticidade. Abaixo está o “Go Fast”:

“A Marinha descreve os objetos contidos nestes vídeos como fenômenos aéreos não-identificados”, diz o comunicado. Greenewald insistiu um pouco mais no tema e questionou o uso das palavras “fenômeno aéreo” em vez de “objeto voador” e obteve mais detalhes. Joseph Gradisher, porta-voz da organização, explicou que “a terminologia ‘Fenômeno Aéreo Não-Identificado’ é usada por oferecer uma descrição básica para avistamentos/observações de objetos/aeronaves não-autorizados/não-identificados que foram observados entrando/operando no espaço aéreo de várias áreas de treinamento controladas pelas forças armadas”.

Ao site Motherboard, Gradisher reafirmou o que disse ao The Black Vault: “a Marinha considera os fenômenos contidos/representados nesses três vídeos como não-identificados”, disse o comunicado. (Do Olhar Digital)

4 comentários em “Marinha norte-americana confirma autenticidade de três vídeos de OVNI’s

  1. Eu tive um momento inesquecível de avistamento de ovnis na década de 80, durante um trabalho no Rio Amazonas, precisamente próximo à cidade de Óbidos. O objeto apareceu do outro lado do Rio, à noite, se aproximou das árvores, parecendo observa-las, em seguida em movimentos super rápidos foi para o meio do Rio, desceu lentamente até próximo à água, neste momento o clarão refletiu na água chegando ao nosso barco que estava ancorado no leito do Rio, estávamos jogando dominó no toldo do barco, com medo corremos pra dentro da embarcação e ficamos olhando pelas janelas do barco. Não demorou muito e o objeto subiu em uma velocidade impressionante e sumiu. Esse fato até hoje é lembrado pelos amigos presentes, éramos na época técnicos da Emater e Senar.

    Curtir

  2. Não é estória de pescador, meus amigos, nem sonho, isto realmente aconteceu. Essa foi a mais importante dentre tantas que ocorreram nessas andanças pela Amazônia brasileira.

    Curtir

  3. O seu relato é impressionante, amigo Lucilo. Conheço pessoas lá no interior que também avistaram objetos não identificados no céu, descrevendo a mesma trajetória citada por você. São muitos os mistérios entre o céu e a terra.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s