Bolsonaro ameaça jornalistas ao defender que a Polícia tenha licença para matar

O presidente Jair Bolsonaro devolveu com uma rematada grosseria a uma pergunta de um jornalista, em coletiva no portão de entrada do Palácio da Alvorada, sobre quais seriam as sugestões para melhorar a preservação do meio ambiente.

bobs-770x434

“É só você deixar de comer menos um pouquinho”, iniciou o presidente. “Você fala para mim em poluição ambiental. É só você fazer cocô dia sim, dia não, que melhora bastante a nossa vida também”. prosseguiu. “Agora, o mundo, quando eu falei que cresce mais de 70 milhões por ano, precisa de uma política de planejamento familiar. Não é controle não, você vai ler na capa da Folha amanhã que eu ‘tô’ dizendo que tem de ter controle de natalidade”, completou.

A resposta de baixo nível se deu a uma pergunta sobre como presidente acredita ser possível conciliar a preservação ambiental ao crescimento econômico.

Sobre o planejamento familiar, o presidente disse que a quantidade de filhos de uma família é inversamente proporcional ao nível cultural dos pais, mas colocou-se como uma exceção: “Você olha as pessoas que têm mais cultura, têm menos filhos. Eu sou uma exceção à regra, tenho cinco filhos. Mas como regra é isso”.

Ao lado do ministro Sergio Moro, com quem se reuniu na manhã de hoje, no Palácio do Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que, se excessos na prática do jornalismo resultasse em penas de prisão, “todos vocês estariam presos agora”, apontando para os profissionais de mídia que o ouvia.

Na parte da tarde, Bolsonaro se manifestou pelo Twitter associando sua defesa à morte de bandidos com vários tiros com a questão dos excessos jornalísticos.

– Queremos tirar o “excesso” do Código Penal, afinal atirar num bandido duas ou mais vezes deve ser motivo de comemoração (sinal que o policial está vivo), e não de condenação. Já os excessos dos jornalistas… pic.twitter.com/qzbRajoTRi— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 9 de agosto de 2019

Um comentário em “Bolsonaro ameaça jornalistas ao defender que a Polícia tenha licença para matar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s