Artilheiro admite estreia fraca, mas promete volta por cima no Leão

netobaiano

A estreia não foi o que a torcida esperava. Nem a que Neto Baiano acreditava poder fazer. Último reforço de peso anunciado pelo Remo na Série C, o centroavante de 36 anos chegou cercado de expectativa, mas entrou por cerca de 35 minutos contra o Tombense e não conseguiu jogar bem.

Só teve uma oportunidade, mas errou o cabeceio, aos 41 minutos do segundo tempo, e a bola foi nas mãos do goleiro. “Não fiz um jogo legal, entrei com um tempo legal para poder mostrar e acabei não rendendo o que esperava. Agora espero que no próximo jogo eu possa ter um pouquinho mais de tempo e mostrar o que realmente eu vim fazer aqui, que é gol”.

Neto acredita em recuperação já a partir do jogo com o Volta Redonda. “Eu vim aqui para ajudar, para poder somar. Acho que na partida que entrei não fui legal, poderia ter feito aquele gol de cabeça e acabei perdendo, mas eu me cobro muito. Pode ter certeza que nessas três partidas que faltam eu vou dar a minha vida para fazer gols e trazer o resultado positivo para o Remo. São três partidas totalmente difíceis [pela Série C], mas o Remo é grande e a gente vai buscar as três vitórias”.

Otimista, ele assegura à torcida que o Remo estará na segunda fase da Série C e que vai brigar pelo acesso de divisão.

“Não é legal perder, derrota é sempre ruim da torcida entender, mas é melhor perder agora do que no mata-mata. Tenho certeza que o Remo vai classificar. A equipe que o Remo tem é para subir para a Série B. Vamos buscar o mais rápido possível esse resultado fora de casa, porque dentro tenho certeza que vamos ganhar”

Neto diz confiar na qualidade da equipe, apesar dos últimos percalços. “A equipe é qualificada, tem um grande treinador, tem grandes jogadores, atletas que têm rodagem. Nas horas decisivas os jogadores de verdade têm que aparecer. O Remo precisa da classificação e essa é a hora de mostrar quem é quem. Estou aqui para mostrar quem eu sou, porque eu fiquei chateado. Escuto rádio, escuto tudo porque gosto que ouvir as coisas boas e ruins que estão falando de mim, principalmente as ruins, porque aí eu procuro no dia a dia me aperfeiçoar mais. A cobrança é legal. Não adiantar ser só elogiado e não ter cobrança”, concluiu.

O próximo jogo do Leão será na próxima sexta-feira, às 20h, contra o Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira, no Rio de Janeiro. (Com informações da Rádio Clube) 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s