Em julgamento-show, STJD mantém pontos do Palmeiras

Por 9 votos a 0, o Pleno do STJD manteve o resultado da partida entre Palmeiras e Botafogo, com a vitória da equipe alviverde. O resultado foi festejado pelos palmeirenses, embora já houvesse a expectativa de que o tribunal não iria alterar o placar de campo. A questão técnica alegada pelo Botafogo, sobre se o árbitro autorizou o recomeço do jogo antes de consultar o VAR (como de fato ocorreu), não foi levada em conta pela corte desportiva. Prevaleceu a tese, questionável, de que o juiz não acionou o apito dando reinício ao jogo. As imagens mostram que ele autorizou com um aceno.

O julgamento aconteceu nesta terça à tarde, na Faculdade Baiana de Direito, em Salvador (BA), com direito a plateia e um esquema de “show”. Com a manutenção da vitória, o Alviverde chega a 25 pontos e fica cinco à frente do vice-líder Santos. Agora, o STJD irá comunicar o resultado à CBF. Assim que a entidade máxima do futebol brasileiro for comunicada, a tabela com os pontos do Palmeiras será atualizada.

Os auditores foram Arlete Mesquita, Mauro Marcelo de Lima e Silva, João Bosco Luz, Décio Neuhaus, José Perdiz e Antônio Vanderler, além do vice-presidente administrativo Ronaldo Piacente, o vice-presidente Otávio Noronha, sub-procurador Leonardo Andreotti e do presidente Paulo César Salomão Filho. Todos votaram contra a anulação da partida.

O Botafogo pedia a impugnação da partida, que terminou em vitória do Palmeiras por 1 a 0, alegando que o VAR foi usado de forma indevida, o que representa um erro de direito e possibilitaria anular o jogo segundo a regra 5 da FIFA e protocolo 8.12 do VAR. O clube carioca ainda pode recorrer ao Tribunal de Apelação, na Suíça.

3 comentários em “Em julgamento-show, STJD mantém pontos do Palmeiras

  1. BFR não tem do que reclamar. Em 1995 foi campeão brasileiro graças a arbitragem. Quem sabe se não contratasse o advogado do Fluminense, as coisas seriam diferentes? Fico imaginando o que aconteceria se fosse o contrário.

    Curtir

  2. Correa, ou 09751, de fato aconteceram erros de arbitragem em 1995 – para os dois lados, diga-se. Ocorre que, ao contrário de tantos outros clubes (Flamengo e Corinthians à frente), que ganham títulos quase todo ano com ajuda do apito, aquele é o único episódio que permite dúvida quanto a favorecimento pro Botafogo. Quanto ao erro do árbitro que mandou hoje o jogo seguir com o VAR analisando o lance, só os muito distraídos (ou mal-intencionados) não entendem o que de fato estava em julgamento ali.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s