Descanse em paz, grande Lúcio Mauro!

lucio-mauro-ator-20120613-27-original

O ator Lúcio Mauro morreu no sábado (11/5), aos 92 anos. Ele estava internado há quase quatro meses na Clínica São Vicente, na zona sul do Rio de Janeiro. O filho e também ator Lúcio Mauro Filho publicou nas redes sociais que seu pai morreu por volta das 22 horas. Falou sobre seu trabalho e destacou com orgulho ter trabalhado ao lado do pai.

“Meu amado pai serenou. Ele merecia esse descanso. Lúcio Mauro teve uma vida linda, uma carreira vitoriosa, 5 filhos, 5 netos, dois casamentos, com Arlete e Lu, duas mulheres fantásticas que se tornaram amigas e mantiveram essa família unida. Papai foi um pioneiro, saiu do teatro de estudante lá no Pará, foi pro Recife, fez rádio, inaugurou a televisão no Nordeste e de lá, veio para o Rio de Janeiro pra se tornar um dos maiores artistas deste país. Me influenciou em tudo. O homem que sou, o artista, o pai de família, o amigo. Eu nada seria sem seus ensinamentos”, destacou em sua conta no Instagram.

“Tivemos o prazer de trabalhar juntos, na TV, no Teatro, no Cinema e na Publicidade. Rodamos o Brasil colocando nossas vidas a serviço da arte, em ‘Lucio 80-30’, quando ele teve a chance de dividir o palco com os filhos. Não faltou nada.”

20190512082615314207i

“A esticada foi longa e sofrida. Agora só restava o descanso que ele tanto merece. Meus agradecimentos a todos os funcionários da Clínica São Vicente, onde papai sempre foi cuidado com carinho e profissionalismo. Á Rede Globo pela parceria e lealdade. Nós ficamos por aqui, celebrando sua existência e seguindo com seu legado. Vai com Deus meu velho. Vai se juntar a Chico, Agildo, Silvino, Rogerio, Miele e tantos outros, para juntos fazerem cócegas nas estrelas. Obrigado por tudo! Viva Lucio Mauro!”, finalizou.

Natural de Belém (PA), Lúcio Mauro foi considerado um dos pioneiros da televisão brasileira. Começou a carreira nos palcos dos teatros estudantis, quando tinha por volta de 20 anos de idade, e mais tarde se destacou em papéis humorísticos, em programas como “Balança Mas Não Cai” (1968), “Chico City” (1973), “Os Trapalhões” (1989) e “Escolinha do Professor Raimundo” (1990). Ele era irmão do falecido jornalista e paraense Laércio Wilson Barbalho e tio do senador Jader Barbalho (MDB-PA).

Um comentário em “Descanse em paz, grande Lúcio Mauro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s