Papão focado nas finalizações

D6KsCqJW4AA9Rlo

POR GERSON NOGUEIRA

Acertar o pé. Esta é a preocupação maior do técnico Léo Condé no Papão para o jogo de amanhã com o Juventude. Pela análise de desempenho, o fundamento da finalização é hoje o mais problemático do time. Existem outros problemas, mas este é decisivo e faz toda a diferença na definição dos jogos.

Com um ataque que teve Nicolas bem mais adiantado, mas ainda com a presença de um centroavante de ofício (Paulo Henrique), o PSC sofreu para transformar em gols o amplo domínio sobre o Tombense, na Curuzu. O gol só veio na etapa final, na terceira tentativa de Nicolas pelo alto.

Pelo futebol apresentado, mesmo com muitos percalços, o PSC merecia melhor sorte na partida, estabelecendo um placar mais dilatado, coerente com a superioridade vista em campo.

Apesar da excelente presença do goleiro Felipe, é apropriado observar que os atacantes pecaram bastante nos arremates. Nicolas, Paulo Henrique, Vinícius e Pimentinha perderam chances preciosas, que poderiam ter tornado bem mais tranquila a atuação da equipe, sem passar pelos sustos em lances isolados do Tombense.

Segundo os setoristas do clube, os treinos da semana na Curuzu focaram na repetição de chutes a gol, alternativas de finalização. A ideia é maximizar acertos no ataque, além de melhorar a transição, ainda muito sujeita a oscilações, principalmente contra equipes muito fechadas.

O Juventude, pela característica gaúcha de marcação e imposição física, certamente exigirá mais capricho por parte dos atacantes do Papão. Com uma defesa alta, o visitante também desafia o jogo aéreo, que é a virtude ofensiva que o time de Condé melhor executa.

—————————————————————————————

Leão tem duas variações para encarar o Luverdense

O técnico Márcio Fernandes não definiu ainda a equipe titular para o jogo de amanhã contra o Luverdense, em Lucas do Rio Verde, mas é possível projetar um Remo menos conservador ofensivamente. Os problemas do ataque, expostos nos dois primeiros jogos da Série C, constituem hoje a fonte maior de preocupações para a comissão técnica remista.

Pela movimentação nos treinos, um time com Vinícius; Jansen, Fredson, Marcão e Ronaell; Yuri, Ramires, Djalma e Zotti; Gustavo Ramos (Alex Sandro) e Danilo Bala. Nesta formação, a postura é naturalmente de cautela, com aumento da força de bloqueio no meio.

A outra opção poderia ter Vinícius; Jansen (Michel), Fredson, Marcão e Ronaell; Yuri, Ramires e Zotti; Gustavo, Emerson (Alex Sandro) e Danilo Bala (Tiarinha). Seria um time menos fechado, com transição mais rápida e ataque reforçado pela presença do velocista Bala.

A conferir.

—————————————————————————————

Jovens talentos são convocados pela Seel

O projeto Talentos Esportivos, da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), está com inscrições abertas. Atualmente, são atendidas 600 crianças e adolescentes. A intenção é ampliar o atendimento para mais 300 com as novas turmas. Matrículas e rematrículas começaram e matrícula e rematrícula começou no dia 29 de abril e a inscrição pode ser feita no estádio Jornalista Edgar Proença, no lado A2, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e de 14 às 16h.

As turmas do projeto que têm aulas no estádio fazem parte do trabalho da Seel em ampliar o projeto desenvolvido no Campus III da Uepa, no bairro do Marco. As aulas contemplam as necessidades do esporte de rendimento, de participação e educacional, com oferta de aulas gratuitas de ginástica artística, futsal, vôlei, lutas, handebol e basquete, além de oficinas – em parceria com o ParáPaz – de canto, dança, balé e percussão.

As inscrições devem ser feitas pelos pais ou responsáveis. São exigidas duas fotos 3×4, comprovante de residência e documento de identificação (RG ou certidão de nascimento). Para obter mais informações, os interessados devem ligar para 3201-2326.

—————————————————————————————–

Coutinho vira alvo após a queda do Barcelona

Enquanto o mundo aclama Tottenham e Liverpool pela façanha de alcançar a final da Champions League contra adversários que tinham vantagem no cruzamento, começam a curtição das tristezas nos times que caíram nas semifinais. No Ajax, há mais lamentação do que crítica, mas no Barcelona a pressão se concentra sobre o brasileiro Phillipe Coutinho, acusado de ineficácia e indolência nos confrontos com o Liverpool.

Vaiado constantemente pela torcida, Coutinho atrai as broncas da torcida catalã, que é bem mais benevolente com o supercraque Lionel Messi, de atuação igualmente apagada na partida de terça-feira. O problema é que Coutinho ainda não jogou no Barça o que mostrava no Liverpool e é protagonista da mais cara contratação do clube – 140 milhões de euros.

(Coluna publicada no Bola desta sexta-feira, 10)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s