Champions: Ajax bate Tottenham em Londres e se aproxima da final

000_1G24RY-1024x665

Ajax deu um passo importante rumo a grande decisão da Liga dos Campeões. Nesta terça-feira, o time holandês bateu o Tottenham por 1 a 0, em Londres, no New Tottenham Stadium, gol marcado por Van de Beek. Com o resultado, a equipe se aproximou da final da Champions League, que será realizada no dia 1º de junho em Madri, no estádio Wanda Metropolitano.

Durante o primeiro tempo, o time da Holanda foi amplamente superior, e poderia ter feito uma vantagem maior, ainda mais pelos 25 minutos iniciais feitos na capital inglesa. Os Spurs melhoraram na etapa final. Mesmo assim, o esforço acabou sendo insuficiente para pelo menos sair com um empate.

Na próxima quarta-feira, o Ajax joga por um empate na Amsterdã Arena. Os comandados de Mauricio Pochettino precisam vencer por pelo menos dois gols de diferença. Em caso de 1 a 0 a favor do Tottenham, a decisão irá para a prorrogação.

FBL-EUR-C1-TOTTENHAM-AJAX

Nos primeiros minutos de partida, o Ajax ao seu estilo de rápida troca de passes e movimentação, envolveu o Tottenham, que fazia uma forte marcação e impedia chances do time holandês. Quando tinha a bola, os ingleses perdiam rápido e não conseguiam chegar com perigo à meta adversária.

Até que aos 15 minutos, o time visitante saiu na frente em Londres. Em linda jogada coletiva, Zyiech deu belo passe para Van de Beek, que em posição duvidosa teve calma e tranquilidade para tirar de Lloris e abrir o placar.

Os Spurs estavam completamente perdidos em campo. Sete minutos depois, em outra trama maravilhosa de troca de passes, Van de Beek recebeu da esquerda, e poderia ter rolado para David Neres marcar. Contudo, optou por chutar e finalizou em cima do goleiro Lloris.

Depois de ter dominado boa parte do primeiro tempo, o Ajax começou a recuar um pouco e dava campo aos ingleses. Entretanto, o time de Mauricio Pochettino não estava nada inspirado e não conseguia incomodar o gol defendido por Onana.

O único problema dos holandeses no final do primeiro tempo era a marcação no jogo aéreo, principal jogada do Tottenham durante todo a etapa inicial. Mesmo com uma blitz final, o placar ficou em 1 a 0 a favor dos visitantes.

Tottenham melhora, mas Ajax vence

No início do segundo tempo, o Tottenham assustou em finalização travada e com Dele Alli, que parou em Onana. O Ajax respondeu em chegada perigosa. A bola estava chegando em Zyiech, mas Rose travou antes.

Diferentemente da etapa inicial, os Spurs controlavam as ações e cresciam no jogo. No jogo aéreo, Llorente ganhava praticamente todas. Os visitantes, por sua vez, sentiam muito o lado físico, devido a intensidade do primeiro tempo.

Aos poucos, o Ajax voltava a equilibrar o confronto. Mesmo sem a posse de bola, o time conseguia chegar perigosamente. Após roubada de bola no campo de ataque, Tadic recebeu na entrada da área, finalizou, mas acabou sendo travado.

O contra-ataque dos holandeses por pouco não foi letal. Alderweireld errou na saída de bola, e após outra bela troca de passes entre Mazraoui, Tadic e David Neres, o brasileiro finalizou com categoria. Porém, a redonda carimbou a trave de Lloris.

Na reta final do confronto, o Tottenham se atirou ao campo de ataque em busca do empate. Como sempre explorando o jogo aéreo com Llorente. Contudo, apesar do centroavante ganhar algumas jogadas no alto, o restante dos jogadores dos Spurs não estavam em uma boa jornada. Dessa forma, o Ajax conseguiu a importante vitória por 1 a 0.

TOTTENHAM 0 X 1 AJAX

Local: Tottenham Stadium, em Londres, Inglaterra
Data: 30 de abril de 2019
Horário: 16h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz, da Espanha
Assistentes: Pau Cebrián Devís e Roberto del Palomar, ambos da Espanha
Cartões amarelos: Tagliafico e Veltman (Ajax)
Cartões vermelhos:
Gols: AJAX: Van de Beek aos 15 minutos do primeiro tempo

TOTTENHAM: Lloris; Davinson Sánchez, Alderweireld e Vertonghen (Sissoko); Trippier (Fotyh), Wanyama, Eriksen, Dele Alli e Rose (Davies); Lucas e Llorente. Técnico: Maurício Pochettino

AJAX: Onana; Veltman, De Ligt, Blind e Tagliafico; Schone (Mazraoui), De Jong e Van de Beek; Ziyech, Tadic e David Neres. Técnico: Erik ten Hag

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s