Quando o rock atinge a glória máxima

A histórica apresentação de Patti Smith ao receber o Prêmio Nobel de Literatura concedido a Bob Dylan, em 2016. Em determinado momento, tomada de emoção, ela erra um verso da canção “A Hard Rain’s A-Gonna Fall”, um clássico de Dylan. Admite o erro e pede desculpas à platéia, que aplaude demoradamente. Ela prossegue e finaliza a com impecável interpretação.

Oh, where have you been, my blue-eyed son?
Oh, where have you been, my darling young one?
I’ve stumbled on the side of twelve misty mountains
I’ve walked and I’ve crawled on six crooked highways
I’ve stepped in the middle of seven sad forests
I’ve been out in front of a dozen dead oceans
I’ve been ten thousand miles in the mouth of a graveyard
And it’s a hard, and it’s a hard, it’s a hard, and it’s a hard
And it’s a hard rain’s a-gonna fall

Oh, what did you see, my blue-eyed son?
Oh, what did you see, my darling young one?
I saw a newborn baby with wild wolves all around it
I saw a highway of diamonds with nobody on it
I saw a black branch with blood that kept drippin’
I saw a room full of men with their hammers a-bleedin’
I saw a white ladder all covered with water
I saw ten thousand talkers whose tongues were all broken
I saw guns and sharp swords in the hands of young children
And it’s a hard, and it’s a hard, it’s a hard, it’s a hard
And it’s a hard rain’s a-gonna fall

And what did you hear, my blue-eyed son?
And what did you hear, my darling young one?
I heard the sound of a thunder, it roared out a warnin’
Heard the roar of a wave that could drown the whole world
Heard one hundred drummers whose hands were a-blazin’
Heard ten thousand whisperin’ and nobody listenin’
Heard one person starve, I heard many people laughin’
Heard the song of a poet who died in the gutter
Heard the sound of a clown who cried in the alley
And it’s a hard, and it’s a hard, it’s a hard, it’s a hard
And it’s a hard rain’s a-gonna fall

Oh, who did you meet, my blue-eyed son?
Who did you meet, my darling young one?
I met a young child beside a dead pony
I met a white man who walked a black dog
I met a young woman whose body was burning
I met a young girl, she gave me a rainbow
I met one man who was wounded in love
I met another man who was wounded with hatred
And it’s a hard, it’s a hard, it’s a hard, it’s a hard
It’s a hard rain’s a-gonna fall

Oh, what’ll you do now, my blue-eyed son?
Oh, what’ll you do now, my darling young one?
I’m a-goin’ back out ’fore the rain starts a-fallin’
I’ll walk to the depths of the deepest black forest
Where the people are many and their hands are all empty
Where the pellets of poison are flooding their waters
Where the home in the valley meets the damp dirty prison
Where the executioner’s face is always well hidden
Where hunger is ugly, where souls are forgotten
Where black is the color, where none is the number
And I’ll tell it and think it and speak it and breathe it
And reflect it from the mountain so all souls can see it
Then I’ll stand on the ocean until I start sinkin’
But I’ll know my song well before I start singin’
And it’s a hard, it’s a hard, it’s a hard, it’s a hard
It’s a hard rain’s a-gonna fall

Oh, onde você esteve, meu filho de olhos azuis?
Oh, onde você esteve, meu querido jovem?
Eu tropecei no lado de doze montanhas enevoadas
Eu andei e me arrastei em seis rodovias tortas
Eu pisei no meio de sete florestas tristes
Eu estive na frente de uma dúzia de oceanos mortos
Eu tenho dez mil milhas na boca de um cemitério
E é difícil, e é difícil, é difícil, e é difícil
E é uma chuva forte caindo

Oh, o que você viu, meu filho de olhos azuis?
Oh, o que você viu, meu querido jovem?
Eu vi um bebê recém-nascido com lobos selvagens ao redor
Eu vi uma rodovia de diamantes sem ninguém nela
Eu vi um galho negro com sangue que ficava pingando
Eu vi uma sala cheia de homens com seus martelos sangrando
Eu vi uma escada branca toda coberta de água
Eu vi dez mil pessoas cujas línguas estavam todas quebradas
Eu vi armas e espadas afiadas nas mãos de crianças pequenas
E é difícil, e é difícil, é difícil, é difícil
E é uma chuva forte caindo

E o que você ouviu, meu filho de olhos azuis?
E o que você ouviu, meu querido jovem?
Eu ouvi o som de um trovão, rugiu uma advertência
Ouvi o rugido de uma onda que poderia afogar o mundo inteiro
Ouvi cem bateristas cujas mãos eram um blazin ‘
Ouvi dez mil sussurros e ninguém escutando
Ouvi uma pessoa morrer de fome, ouvi muitas pessoas rindo
Ouvi a canção de um poeta que morreu na sarjeta
Ouvi o som de um palhaço que chorou no beco
E é difícil, e é difícil, é difícil, é difícil
E é uma chuva forte caindo

Oh, quem você conheceu, meu filho de olhos azuis?
Quem você conheceu, meu querido jovem?
Eu conheci uma criança ao lado de um pônei morto
Eu conheci um homem branco que andou com um cachorro preto
Eu conheci uma jovem cujo corpo estava queimando
Eu conheci uma jovem garota, ela me deu um arco-íris
Eu conheci um homem que foi ferido no amor
Eu conheci outro homem que foi ferido com ódio
E é difícil, é difícil, é difícil, é difícil
É uma chuva forte caindo

Oh, o que você vai fazer agora, meu filho de olhos azuis?
Oh, o que você vai fazer agora, meu querido jovem?
Eu estou indo embora antes que a chuva comece a cair
Eu vou caminhar até as profundezas da floresta negra mais profunda
Onde as pessoas são muitas e suas mãos estão vazias
Onde as pelotas de veneno estão inundando suas águas
Onde a casa no vale encontra a prisão suja e úmida
Onde o rosto do carrasco está sempre bem escondido
Onde a fome é feia, onde as almas são esquecidas
Onde preto é a cor, onde nenhum é o número
E eu vou contar e pensar, falar e respirar
E refleti-lo da montanha para que todas as almas possam vê-lo
Então eu ficarei no oceano até começar a afundar
Mas eu vou conhecer minha música bem antes de começar a cantar
E é difícil, é difícil, é difícil, é difícil
É uma chuva forte caindo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s