Atitude de campeão

Essa foto, tirada em 1981, mostra o dramático momento em que Muhammad Ali salva um homem de se suicidar, em um prédio na cidade de Los Angeles, Califórnia.

“Eu sou seu irmão. Eu amo você e não estou mentindo! Você precisa escutar. Eu quero que você venha para casa comigo, conhecer alguns amigos meus”, gritava Ali de uma janela ao lado de onde estava o homem negro prestes a pular do 9° andar.

Ele era um ex-veterano do Vietnã que tinha perdido as esperanças por não conseguir um trabalho e por ter ficado sozinho desde que voltou da guerra. “Por que você se preocupa comigo? Eu sou um ninguém”, disse o homem em desespero, a um passo de pular.

O grande campeão de boxe, chorando, gritou que ele não era um ninguém e que sua vida era muito valiosa. No final, Muhammad acabou conseguindo convencê-lo a não pular.

Muhammad estava por perto no local quando tinha ouvido sobre a situação, e correu para oferecer ajuda. Após o evento, Muhammad arranjou roupas, tratamento psiquiátrico e um emprego para o homem , ele tinha 21 anos e era de Michigan. Além disso, continuou mantendo contato com ele por vários anos. (Postado por Shirlei Souza, no Facebook) 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s