MEC recua e tira slogan de campanha da carta enviada às escolas

materialEscolar_ABr

Em novo movimento de vaivém, característico do atual governo, o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, voltou atrás, na manhã desta terça-feira (26), na decisão de enviar uma carta a escolas na qual solicita que crianças sejam filmadas cantando o hino nacional sem autorização dos pais. No comunicado, ele também repete o slogan de campanha do presidente Jair Bolsonaro: Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

“Percebi o erro, tirei essa frase, tirei a parte correspondente a filmar crianças sem autorização dos pais. Evidentemente se alguma coisa for publicada será dentro da lei, com autorização dos pais”, afirmou ao chegar ao Senado, onde participa de uma audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s