Meia abre o jogo: aceitou a proposta do Remo atraído pela força da torcida

diogosodre-1

O peso do Fenômeno Azul responde por boa parte das motivações dos novos contratados do Remo. O meia paulista Diogo Sodré, nascido em São José dos Campos, não esconde que veio para o Baenão atraído pela força da torcida azulina. Em entrevista, ele revelou que tinha outras propostas, mas preferiu a do Remo, embora não fosse a mais vantajosa. “Vim por uma questão pessoal, pois sempre tive desejo de jogar aqui. Embalado pelos comentários do Maico Gaúcho (ex-Remo), diretor da Luverdense (MT), resolvi encarar a parada”, disse.

Sodré se qualifica como jogador técnico, mas garante que sabe marcar. “Sou meia-atacante e gosto de jogar mais à frente, mas sei jogar mais recuado”, explicou. Sodré deixa claro que um dos motivos mais fortes para aceitar o convite do Remo foi a relação com a torcida. “Como disse, vim para o Remo pelo nome que tem no futebol brasileiro. Quero ser feliz ao lado da torcida”.

 

2 comentários em “Meia abre o jogo: aceitou a proposta do Remo atraído pela força da torcida

  1. Falou tudo o amigo Miguel Angelo, simplesmente patética essa declaração, bem ao estilo Paulo chateado que adora enganar a torcida remista.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s