CBF bate martelo: dupla Re-Pa fica no grupo B da Série C 2019

reuniao-1

Os presidentes e representantes de clubes da Série C realizaram reunião nesta quinta-feira (13), na sede da CBF, para discutir a forma de participação e melhorias para a competição. O encontro também serviu para que a entidade repassasse novidades para os participantes. Os presidentes de Paissandu e Remo, Ricardo Gluck Paul e Fábio Bentes, respectivamente, compareceram à reunião.

A definição mais importante da reunião foi o anúncio dos grupos da fase classificatória do campeonato. Pela primeira vez desde que voltou a disputar a Série C, em 2016, o Remo vai ficar no Grupo B, junto com equipes do Sul, Sudeste, Centro-Oeste e ao lado do rival Paissandu e do Atlético-AC.

Na ocasião, a CBF informou que está negociando os direitos de transmissão dos jogos da Série C e que deverá ter uma definição sobre o assunto até a 1ª quinzena de janeiro.

Confirmou também que continuará honrando os custos com logística, deslocamento, viagem e hospedagem dos clubes. Outro passo importante anunciado foi a possibilidade dos times negociarem as propriedades comerciais do campeonato, como “namimg rights”, placas, eventuais patrocínios coletivos, entre outras possibilidades.

As verbas arrecadadas com estas propriedades comerciais seriam revertidas integralmente para os participantes. “Foi um avanço muito grande para nós. A partir da reunião, houve essa sinalização da CBF, que pode viabilizar pela primeira vez uma cota para as equipes da Série C”, considerou o presidente do Remo, Fábio Bentes.

Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C 2019: 

Atlético-AC

Boa Esporte-MG

Juventude-RS

Luverdense-MT

Paysandu

Remo

São José-RS

Tombense-MG

Volta Redonda-RJ

Ypiranga-RS

4 comentários em “CBF bate martelo: dupla Re-Pa fica no grupo B da Série C 2019

  1. Sinal Amarelo para a dupla paraense nesta fase de grupos.
    Mesmo formada por clubes de pouca expressão no futebol nacional será uma fase muito difícil para ficar entre os quatro primeiros colocados.
    Sinal vermelho no mata-mata, futebol nordestino contra o do norte tem se dado bem em jogos com está característica.

    Curtir

  2. Não ser um dos quatro finalistas na fase de grupos com tradicionais times do Nordeste – de mesmo nível que Remo & Paysandú, mesmo decepcionante, seria digerido normalmente, até porque o masoquista torcedor paraense está acostumado a ser humilhado pelos seus dois ex-titãs do futebol. Já, não serem finalistas no grupo B, de times de nível de Série D, exceção ao Juventude (RS), será a pá de cal que faltará para enterrar em definitivo o futebol paraense.

    Curtir

  3. Nossa completa ausência de força política – mesmo tendo um cartola local como presidente da CBF – permite que a Série C seja dominada pela legião de clubes do Nordeste.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s