Presidente eleito promete revisar pessoalmente provas do Enem

Em comentário feito em vídeo por cerca de meia hora (veja o vídeo abaixo), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse há pouco que vai vistoriar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) antes que seu conteúdo seja submetido aos alunos nos locais de teste. Bolsonaro criticou algumas questões oferecidas na edição deste ano do Enem, especialmente a relativa à espécie de dialeto falado por gays e travestis, o pajubá.

“Esta prova do Enem, vão falar que eu estou implicando. Agora, pelo amor de Deus! Este tema, da linguagem particular daquelas pessoas… O que temos a ver com isso, meu Deus do céu? Quando a gente vai ver a tradução daquelas palavras… um absurdo, um absurdo! Vai obrigar a molecada a se interessar por isso, agora? Para o Enem do ano que vem?”, reclamou o deputado, por meio de uma transmissão ao vivo no Facebook.

“Podem ter certeza,  fiquem tranquilo: não vai ter questão dessa forma no ano que vem, porque nós vamos tomar conhecimento da prova antes. Não vai ter isso daí. Vão ter perguntas sobre Geografia, dissertações sobre História, questões realmente voltadas ao que interessa ao futuro da nossa geração, do nosso Brasil. E não essas questões menores”, acrescentou Bolsonaro, elencando as “ideologias de gênero” entre as questões que ele diz considerar desimportantes.

O presidente eleito aproveitou também para falar sobre o perfil do próximo ministro da Educação, alguém que tenha “autoridade” suficiente e esteja alinhado com o Brasil “conservador”. Bolsonaro disse que o nome será anunciado muito em breve.

Veja a íntegra da transmissão:

Além da questão do Enem, Bolsonaro falou sobre diversas polêmicas que ele ou membros de sua equipe protagonizaram nos últimos dias. Ele citou, entre outros assuntos, o reajuste do teto salarial brasileiro, a reforma da Previdência, fusão de ministérios, indicação do juiz Sérgio Moro para o “superministério” da Justiça, crise com a Palestina a respeito de Jerusalém. Para Bolsonaro, a imprensa quer “botar na minha conta” questões que, em alguns casos, sequer lhe dizem respeito ainda. “Nós precisamos de uma equipe para salvar o nosso Brasil”, discursou.

Exame

Realizado anualmente, o Enem teve uma primeira etapa de provas realizada no último fim de semana, e terá consecução e encerramento no próximo domingo (11), com questões referentes a Matemática e Ciências da Natureza. O exame é realizado desde 1998 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação. Mas foi em 2009 que o Enem passou a ser aplicado como forma de acesso ao ensino superior.

A metodologia não é a mesma dos vestibulares tradicionais. As questões apresentadas não são elaboradas integralmente por um mesmo grupo, mas escolhidas entre itens dispostos em um banco de dados com milhares de questões já aplicadas por diversos professores, há anos. (Do Congresso em Foco)

Era só o que faltava: presidente assumindo papel de bedel… estamos bem arrumados. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s