Melhor assim. Combateremos à sombra

44918350_2184056374938868_2308691057862246400_n

Por Oswaldo Coimbra, no Facebook

Nos últimos cinquenta anos, quem se sentiu incomodado pelas injustiças criadas pelo sistema político-econômico vigente no Brasil pode manifestar isto em diferentes cenários. No início dos anos 60, através, por exemplo. da vibrante política estudantil, então, existente. Havia a entidade nacional dos estudantes, a UNE, com seu Centro Popular de Cultura, que tornou conhecido em todos os grêmios e centros acadêmicos, a música do Zé da Silva, cuja letra dizia: “Se ser livre é passar fome, não basta ser livre, não”. Depois, vieram as duas décadas da Ditadura Militar. Alguns pegaram em armas. Outros aproveitaram todas as pequenas brechas que surgiram no Jornalismo, no Teatro, na Música, no Ensino, na Política profissional. Outros se dedicaram aos estudos. Pesquisaram. Prepararam-se. Sabiam que a Ditadura não duraria sempre. E quando houve a chamada redemocratização nos anos 80, estavam prontos para atuar com maior profundidade e eficiência.
Hoje é um dia histórica porque desarrumou o cenário antes existente, para substituí-lo por outro. Teremos de aguardar um pouco – não mais que algumas horas – a chegada de luz ao palco a fim de podemos enxergar melhor os atores se postando nele.
Mas, de antemão sabemos, o regime político-econômico é o mesmo (embora agora planejado para tornar ainda mais acentuadas as injustiças sociais). Continuaremos incomodados com elas. E, ninguém duvide, vamos manifestar isto.
Nada diferente do que ocorre há muito tempo. Assim foram obtidas as conquistas sociais. Duramente. Lentamente.
Neste momento, o único comentário a ser feito é o de Leônidas, general de Esparta, nos anos 400 a.C., quando no comando de poucas centenas de soldados, aguardava o início da batalha contra um exército de 200 mil homens. E soube que o chefe deles, Xerxes, havia dito:
– Minhas flechas serão tão numerosas que obscurecerão a luz do Sol.
Leônidas respondeu:
– Melhor assim. Combateremos à sombra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s