Poeta e jornalista, Carlos Queiroz morre aos 75 anos

43952874_10215850077737837_8354006463563169792_n

Notícia triste para o jornalismo. Perdemos o decano Carlos Queiroz, um dos primeiros jornalistas do Diário do Pará. Advogado de formação, o “Matador”, como era carinhosamente chamado na Redação, escreveu durante anos uma saborosa coluna sobre boemia, onde tributava “lebres” e damas da noite. Tive o privilégio de trabalhar com a fera por mais de 20 anos, aprendendo muito com ele.

Grande cara, azulino e rubro-negro, anarco-comunista das antigas, dono de humor afiado, era o nosso aclamado “poeta da madrugada” sempre com um chiste espirituoso nos intermináveis pescoções de sexta-fera. Vai o homem, fica a lenda.

Que descanse em paz.

2 comentários em “Poeta e jornalista, Carlos Queiroz morre aos 75 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s