Haddad mantém empate no 2º turno

Embora o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, tenha crescido no primeiro turno, para 39% dos votos válidos, Haddad também acompanhou o crescimento, chegando a 25% dos votos válidos. Na prática, o crescimento de Bolsonaro representa a transferência dos votos dos eleitores de Geraldo Alckmin, Meirelles e até de Marina, no movimento de voto útil. Até políticos tradicionais tucanos estão abandonando o antipático Alckmin, em direção ao nazismo escancarado.

Porém, são os números do segundo turno que mais devem chamar a atenção, onde Haddad volta a se aproximar, mesmo na margem de erro, do empate nominal. É justamente esse o fato que se evidencia com a estagnação de seus votos no segundo turno. Veja:

Primeiro turno (Votos válidos)

  • Bolsonaro: 39%
  • Haddad: 25%
  • Ciro: 13%
  • Alckmin: 9%
  • Marina: 4%

Segundo turno (Votos totais)

  • Bolsonaro: 44% manteve.
  • Haddad: 42% para 43%.

O que é mais importante avaliar é que o espectro anti-fascista cresceu, mesmo que na margem de erro, nas duas pesquisas, Datafolha e Ibope.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s