Justiça nega a Lula o direito de votar

images_cms-image-000600840

Como se não bastasse o volume de direitos violados e de perseguição explícita, o poder judiciário brasileiro segue colecionando violências à constituição quando o assunto é o ex-presidente Lula. A justiça eleitoral negou a Lula o direito de votar, alegando que não há como estabelecer um local de votação na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba – os advogados de Lula entraram com uma ação no TRE-PR para pedir a instalação desta sessão eleitoral. O direito ao voto de Lula é garantido pela constituição, uma vez que sua sentença ainda não transitou em julgado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s