Jogo do dia na Copa: Argentina precisa derrotar Nigéria para ir às oitavas

FBL-WC-2018-ARG-TRAINING

Em meio a uma de suas maiores crises na história, a seleção da Argentina joga a vida na Copa do Mundo de 2018 nesta terça-feira, quando mede forças com a Nigéria a partir das 15h00 (horário de Brasília), no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo, na Rússia, pela última rodada do Grupo D, que tem a líder Croácia, com seis pontos, já classificada e com o primeiro lugar garantido.

A Argentina divide a última posição com a Islândia, que tem um gol melhor de saldo e que no mesmo horário mede forças com os croatas em Rostov. Os argentinos, até aqui, empataram por 1 a 1 com os islandeses e foram atropelados pela Croácia: 3 a 0. Os nigerianos, que bateram a Islândia por 2 a 0 na sexta-feira, somam três pontos e avançam com vitória ou até mesmo com empate, desde que os Vikings não apliquem uma goleada.

A situação dos hermanos é ainda mais complicada, pois o time precisa vencer por dois gols de diferença a mais em caso de um possível triunfo da Islândia. Ganhando, os argentinos nem precisarão fazer saldo caso os islandeses não vençam. O maior problema da albiceleste vai ser superar a própria crise. Segundo a imprensa local, o técnico Jorge Sampaoli perdeu o poder e os próprios atletas teriam armado o time para este compromisso. O treinador, porém, não dá ouvidos e prefere manter a confiança.

“Acredito que uma nova história para esta seleção começará a ser escrita nesta Copa do Mundo a partir do jogo contra a Nigéria. Confio demais no meu grupo e acredito que vamos ganhar. Não podemos dar ouvidos a quem te considera descartável e apaga tudo por conta de um mau resultado”, disse o treinador.

A albiceleste vai mudar muito para este jogo. O goleiro Caballero, de falha grosseira contra a Croácia, foi barrado para a entrada de Franco Armani. O setor defensivo, apesar de criticado, segue o mesmo, mas, no meio, Ángel Di María e Éver Banega retomam suas posições, dando mais experiência ao setor, e ocupando, respectivamente, os postos de Marcos Acuña e Maximiliano Meza. O artilheiro Sergio Agüero foi barrado para a enrada de Gonzalo Higuaín.

Pelo lado da Nigéria, o técnico Gernot Rohr descarta jogar pelo empate: “Vamos com o pensamento de conquistar uma vitória, mesmo respeitando demais a Argentina e seus talentosos jogadores. Espero em um jogo franco e aberto, pelo desejo de vitória de ambos”, explicou o comandante.

argentina-1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s