Com mudanças no meio e na zaga, Papão tenta reabilitação contra o CSA

42055104884-6137c43e3e-o (1)

O Paissandu definiu a equipe para enfrentar o CSA neste sábado, às 21h, na Curuzu. Dado Cavalcanti, porém, só divulgará a escalação minutos antes do jogo. De concreto, a ausência de Douglas Mendes e Carlinhos, ambos lesionados. Pedro Carmona (foto), Magno e William aparecem na lista de relacionados para o jogo.

Como o meia Thomaz e o atacante Claudinho cumprem suspensão automática, Alan Calbergue pode ser o titular no meio-campo, embora o técnico tenha afirmado que ele e Carmona não podem atuar juntos na equipe.

O treinador também terá à disposição o lateral Mateus Silva e o volante Nando Carandina, recuperados de lesão, além de Mike, que cumpriu suspensão. O meia britânico Ryan Williams não foi relacionado, pois pediu dispensa do clube para voltar à Inglaterra.

O provável time do Papão será: Renan Rocha; Mateus Silva, Diego Ivo, Edmar e Mateus Miller; Nando Carandina, Renato Augusto e Alan (Pedro Carmona); Mike, Cassiano e Moisés.

Os jogadores relacionados para o jogo são os seguintes:

  • Goleiros: Marcão Milanezi e Renan Rocha.
  • Zagueiros: Diego Ivo, Edimar, Timbó e Perema.
  • Laterais: Diego, Maicon Silva, Mateus Muller e Mateus Silva.
  • Volantes: Cáceres, Danilo Pires, Carandina, Renato Augusto e William.
  • Meias: Alan Carbergue e Pedro Carmona.
  • Atacantes: Cassiano, Dionathã, Magno, Mike, Moisés, Renan Gorne.

Um comentário em “Com mudanças no meio e na zaga, Papão tenta reabilitação contra o CSA

  1. O Paysandú pode até vencer hoje a noite e melhorar sua posição na tabela, mas o time não vem convencendo. Dado Cavancanti não conseguiu dar um padrão de jogo ao time desde o campeonato paraense….não é por falta de tempo!!

    A diretoria assiste passiva o time caindo na tabela por falta de liderança e competência do seu treinador, que insiste em manter no time jogadores improdutivos como Claudinho, Cáceres, Pedro Carmona e outros perebas. Enquanto isso, o inglês vai embora tendo jogado apenas 20 minutos, onde mostrou mais talento e, acima de tudo, vontade do que os preferidos do eterno “aprendiz” de técnico.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s