Esperança de redenção

whatsapp-image-2018-02-16-at-19.12.55

POR GERSON NOGUEIRA

É um domingo de estreias no Remo – do técnico Artur Oliveira e de um novo formato tático. Depois de resultados decepcionantes nas duas últimas rodadas da Série C, que levaram à queda do técnico Givanildo Oliveira, a chegada de Rei Artur provocou um previsível choque de gestão reacendendo esperanças de jogadores que não vinham atuando e abrindo a possibilidade de reformulação do esquema de jogo.

Os treinos da semana mostraram que Artur acompanhava com atenção a caminhada trôpega do Remo no campeonato. Logo de cara, ele deixou de lado o quase suicida sistema de três atacantes, optando por povoar o meio-campo para dar mais segurança defensiva ao time.

Para compor o quinteto da segunda linha, Artur manteve Dudu e Dedeco, recolocou Leandro Brasília e treinou com os meias Rodriguinho e Rafael Bastos. Fica evidente que, para enfrentar o Salgueiro hoje à noite, quer um time capaz de valorizar a posse de bola.

Nos últimos jogos, ainda sob o comando de Givanildo Oliveira, a equipe não tinha qualidade para reter a bola, exagerando nas ligações diretas, o que ocasionava o indesejado bate-volta, infernizando a vida dos zagueiros.

Talvez pelo passado de atacante, Artur costuma posicionar seus times de maneira bem ofensiva, perseguindo sempre o gol. Não deve ser muito diferente o que pretende extrair da nova configuração do Remo.

As dúvidas quanto ao sucesso deste formato estão nas laterais, onde Bruno Maia ainda será improvisado, e na opção por um atacante de ofício, Eliandro. Contra adversários retrancados, é obrigatório utilizar os lados do campo. Para isso, o time terá Ninhinho pela direita e Rafael Bastos caindo mais à esquerda.

É uma proposta radical, diferente de tudo que o Remo exercitou na temporada, incluindo a participação no Campeonato Paraense, mas a simples presença de Artur faz com que a torcida se encha de esperanças. Até pela constatação de que alguma coisa, qualquer coisa, precisava ser feita.

—————————————————————————————–

Bola na Torre

Giuseppe Tommaso apresenta o programa, a partir das 21h, na RBATV. Na bancada, Claudio Guimarães e este escriba de Baião.

—————————————————————————————-

Zidane e o exemplo do desapego

Para surpresa de quase todo o mundo esportivo, Zidane anuncia sua saída do Real Madri logo depois da conquista da Liga dos Campeões, a terceira de sua meteórica história como técnico do clube. Definiu tudo em reunião com os dirigentes e comunicou que o cargo, um dos mais cobiçados do mundo, está de novo disponível após dois anos e meio.

Em comparação com o futebol brasileiro, a atitude de Zidane surpreende pela ausência de exemplos de desapego entre nós. Talvez pela própria cultura imediatista e arraigada na preservação de territórios profissionais, é quase impensável imaginar um técnico abrindo mão de posição tão destacada e excepcionalmente remunerada.

Ao ver Zidane agir assim, comparei com Zagallo, decano dos nossos treinadores, que passou o tempo todo atrelado à CBF, engolindo sapos e pulando de galho em galho para se manter na Seleção Brasileira. Só largou o osso por motivos de saúde. Prova de que sair em alta, surfando no prestígio conquistado, é arte que os brasileiros ainda não dominam.

(Coluna publicada no Bola deste domingo, 03)

10 comentários em “Esperança de redenção

  1. Pelo que li, ontem, parece não haver esse desprendimento todo em Zidane. Ele deixa o Real para ser o técnico da seleção do país sede da próxima copa, ganhando muitos milhões de euros acima do que ganha no time merengue. Entre ser um técnico vencedor é muito bem pago no time mais badalado do planeta e ganhar fábulas de dinheiro no mundo árabe, ficou com a segunda opção.

    Curtir

  2. Essa esperança de redenção tem de se tornar em realidade porque o time do Remo precisa urgente ganhar urgentemente sair do limite hoje das fronteiras do Pará é obter conquistas nacionais ou inter-regionais verdadeiras para alegrar sua torcida e tirar um pouco da responsabilidade sobre humana que o Paysandu tem de carregar o futebol do de Belém e do Pará sozinho nas costas, mesmo porque a saudosa Tuna Luso faliu. Por isso não acho ruim o time do Remo subir. Isso melhoraria em muito nosso futebol, até no sarro em todos os lugares onde os remistas não tem nada pra mostrar e igual disco furado so falam no antigo tabu e agora essas 4 vitórias em 2018, esquecendo até que levaram 4 surras em 92 em apenas 20 dias. Em 2016 levaram 3 surras e uma goleada de 4×2.

    Curtir

  3. Disse-o bem, Miguel. Zidane vai para o Catar catar zilhões de petrodólares e mandar os troféus que ainda poderia ganhar pra tonga da mironga do kabuletê.

    Curtir

  4. Por falar em sarro a necessidade do time do remo abter conquistas nacionais que há muitos anos não sabe o que é isso, fez com que nenhum time do Norte respeite o mijado. rsrsrsr. Aprova está aqui: Se o barca remista de conquistas tenta passar do Pará vem logo o choque de realidade: Se azulinos tentarem sair pela fronteira com Amazonas o Manaus barra na hora.rsrsrsrsr Se tentarem sair pelo Acre o Atletico acreano manda voltar de lá mesmo rsrsrsr, Se azulinos tentarem sair pela distante Roraima a até o náutico de Roraima põe banca rsrsrsrsrsr, Se acharem de sair pelo caminho mais curto através do Amapá o Santos do Amapá dis logo : ‘xispa daqui mijado”, mas não vai chorar fazer fuxico para aquele lobo perigosão de Belém vir aqui aqui dentro comer carne de tubarão! rsrsrsrsrsrsrs. Por isso o time do remo tem de subir. Hoje tem de ser redenção e é jogo para 25 a 30 mil pagantes porque é jogo muito decisivo, o remo nunca ganhou o acadêmico de salgueiro, tem muita novidade, ingresso barato, estreia do Rei Arthur e se der menos de 25 mil pagantes será vergonhoso o setorista do ainda dizer que esse time tem torcida fenômenoazul. do mesmo modo que é vergonhoso chamar esse time de rei do norte. rsrsrsrsrsrsrsr

    Curtir

  5. E tem mais: O remo subindo ajudaria até o edson fake do leão a ter alguma coisa de nova para falar porque ele parece disco furado e repete sempre coisas do tempo da vovo. rsrsrsr Aliais por falar em disco , as conquistas que o fake cita para tirar sarro são remanescentes do tempo da vitrola.
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakaka

    Curtir

  6. Kkkkkkkk O amigo Nélio mais uma vez, afirmando o que eu digo sempre; Nós Remistas não precisamos opinar no blog, ele fala mais o nosso time que o dele. Rsrsrs E depois fica reclamando que estamos sumidos. Pra quê? Rsrs

    Curtir

  7. Jaime isso é falta de mulher kkkkkkkkkk será q ele gosta? kkkkkkkkkk fico imaginando o q esse sr fazia no tempo do tabu 33 q a mucura sem vergonha ficou 5 anos apanhando do Leão kkkkkkkk essas 4 pisas mecheram ainda mais com a cabecinha oca dele kkkkkkk mucura é igual aquela personagem do zorra total: dinheiro eu tenho, só me falta o meu glamour kkkkkkkk

    Curtir

  8. Edson fake não perde as estribeiras, rsrsrsr, cuidado com teu coração que deve ser de leão muito sofrido rsrsrsrsrsrsrsrsr não adianta apelar porque aí que pego forte mesmo. rsrsrsrsrsrsrsr. Se teu time subir para serie B e tiveres uma alegria nacional eu faço uma trégua nos sarros pra ti. Enquanto isso não acontece soluça, respira fundo engole o choro meu freguês de do goleada. kakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s