A importância de Alan

bol_sex_010618_11.ps

POR GERSON NOGUEIRA

Ninguém sabe ao certo como será a escalação do Papão para enfrentar o Boa Esporte, hoje, na Curuzu. Dado tem tentado preservar o esquema com três zagueiros, mesmo quando não usa especialistas na função. Contra São Bento e Avaí, designou Nando Carandina para se posicionar entre Diego Ivo e Edimar. Não deu muito certo.

De certeza mesmo só a presença de Alan Calbergue no meio-campo, mostrando entrosamento com os companheiros e desembaraço crescente na movimentação com e sem a bola. Graças a essa evolução, ele foi o principal jogador da equipe, sexta-feira, em Florianópolis.

Com características de armador, Alan mostra-se capaz de executar uma função cada vez mais preciosa e decisiva no futebol moderno: a de segundo volante. É aquilo que no passado dinossauros como Gentil Cardoso e Carlos Froner chamavam de centro-médio. Como diz o próprio termo, trata-se do meio-campista que não é inteiramente defensivo e nem tão ofensivo.

A tarefa de ligar meio e ataque, após receber a bola que sai da defesa, é um dos segredos do sucesso. Quem conta com um jogador capaz de dar um trato categorizado aos passes, sem deixar de marcar quando necessário, tem meio caminho andado para envolver o adversário.

Por tão importante, a tarefa é de difícil execução e não pode ser entregue a volantes botinudos, acostumados somente ao desarme primitivo e cuja capacidade de passar é ínfima. O PSC tem volantes que se atrapalham até no simples recuo de bola, como o veterano Cáceres, que deu de bandeja o gol que abriu caminho para a derrota na Ressacada.

Alan joga mais à frente da marcação, mas sabe fazer recomposição quando a situação exige. Para hoje, contra um adversário presumivelmente fechado, deverá ser usado mais como um apoiador das jogadas de ataque, com liberdade para tentar chutes de fora da área. Bem, pelo menos é o que se espera que Dado venha a fazer, depois das últimas atuações de Alan.

——————————————————————————————

Remo libera atletas, mas Geandro segue imexível

A liberação de atletas sem bom aproveitamento é prática comum nos clubes. Ocorre principalmente por ocasião da troca de técnicos. É normal, portanto, a saída de Adenilson, Martony e Andrei, jogadores que não vinham mais sendo aproveitados pelo Remo na disputa da Série C.

Ao mesmo tempo, soa legítima a intenção do técnico Artur Oliveira de permanecer com Rodriguinho, que integrava a lista de dispensados. Habilidoso, o meia teve momento de grande brilho no Re-Pa pelo Parazão, quando fez um golaço acertando disparo perfeito na gaveta esquerda da trave de Marcão.

Continuou na reserva e não teve novas oportunidades com Givanildo. Artur, que o viu em ação contra o Bragantino, tentará resgatar o futebol do meia, aproveitando-o junto com Rafael Bastos na meia-cancha, para reforçar as ações ofensivas.

Chama atenção, porém, a insistência em permanecer com o volante Geandro, o menos qualificado dos que integram o elenco. Teve rendimento inferior até a Felipe Recife, já dispensado.

Em tempo: no treino de ontem, Artur fez mudanças radicais na formatação e na postura tática do time para o jogo contra o Salgueiro. Colocou Ninho na lateral direita, Moisés e Mimica no meio da zaga e Bruno Maia na lateral esquerda. O meio-campo ganha cinco integrantes: Dudu, Dedeco, Leandro Brasília, Rodriguinho e Rafael. Na frente, Eliandro.

Pode dar certo, do meio para a frente. O Remo vinha usando um esquema suicida nesta Série C, com um trio atacante inofensivo. A dúvida é saber como Artur irá fechar a avenida pela esquerda, que permitiu o segundo gol do ABC na partida passada.

—————————————————————————————

Fernandinho quer preencher “vazio do povo”

Depois das declarações descerebradas de Renato Gaúcho e Eduardo Batista sobre política, eis que o pensador contemporâneo Fernandinho, aquele mesmo que infelicitou miseravelmente o Brasil nos 7 a 1 para a Alemanha na Copa 2014, rompe o silêncio para dizer que o futebol “às vezes preenche um vazio do povo”. Epa, epa…

Segundo o volante, ante as decepções da vida política, o futebol cumpriria um papel. “Nós, jogadores, sabemos de tudo isso, das dificuldades que eles enfrentam. Queremos dar um pouco de alegria”, arrematou.

Tomara que desta vez ele esteja pensando na alegria da torcida brasileira. Na última Copa, Fernandinho deu imensa satisfação à torcida germânica com lambanças decisivas em pelo menos cinco gols da histórica peia aplicada pela seleção campeã do mundo.

—————————————————————————————-

Guerrero e o precedente aberto na luta contra o doping

A anistia concedida ao peruano Paolo Guerrero, exclusivamente para disputar a Copa do Mundo, surpreendeu pelo inusitado em casos do gênero. Rigorosos ao extremo no combate ao doping, os organismos de fiscalização acabaram por abrandar as regras, levando em conta uma suposta preocupação com a idade do jogador e com os apelos de diversos outros atletas. Nunca, que eu lembre, o tribunal de apelação cedeu a esse tipo de influência e pressão.

Ganha o torneio com a presença de um atacante de qualidade como Guerrero, mas o precedente pode ser perigoso. Maradona, por exemplo, foi excluído em plena Copa do Mundo de 1994, com direito a execração pública. O paraense Jobson, menos famoso e prestigiado, pegou um gancho de três anos, mesmo sem comprovação efetiva de doping.

(Coluna publicada no Bola desta sexta-feira, 01)

11 comentários em “A importância de Alan

  1. Sobre essas palavras do “””craque Fernandinho””” só me resta fazer uma coisa:
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakaka rir que é o melhor remédio.

    Curtir

  2. Incrível como os azulinos sumiram do blog onde até o nosso freguês de goleadas Edson leão quase não tem mostrado as caras. rsrsrsrsrsrsrrsrsr Será que estão se preparando para colocarem a renda do 1,3 milhões domingo???rsrsrsrsrsr, So sei que se o acesso dos azulinos nos estádios for igual aqui no blog, dessa vez o Remo entra em estado de calamidade financeira, porque mesmo debaixo de sofrimento os azulinos sempre prestigiam o time e ajudam com alguns trocados na bilheteira. rsrsrsrsr No domingo vai ter um jogo súper decisivo, jogão valendo 9 pontos, onde o Remo nunca venceu o Salgueiro e nesse não pode nem em sonho empatar. Vai ter a estreia do treinador Rei dos Remistas , que nunca perdeu em estreia como treinador, ingresso a preço popular, vai ter todos os ingredientes para público de 25 a 30 mil pagantes. Se der menos de 25 mil pagantes vou crer que o time do remo não tem torcida, só tem um aglomerado de pessoas que quando incentivados pelo setorista ou até por parte da mídia pegam corda e vão em massa até nos jogos de quarta divisão do azulino.

    Curtir

  3. Quanto ao sumiço deles aqui no blog é mais fácil resolver. É só o Gerson publicar aqui uma pesquisa de maiores torcidas com o time do remo aparecendo na frente do Paysandu que os caras superlotam o espaço do blog para comentar, mesmo se for pesquisa daqueles institutos de pesquisa que so tem 20 % de credibilidade.
    rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    Curtir

  4. Realmente faz tempo que não vejo nascer na Curuzu um jogador de meio diferenciado como o Alan. Espero que ele tenha como exemplo o Pikachu que com profissionalismo, seriedade e principalmente gratidão ao clube que o revelou, vem subindo pouco a pouco em conceito a nível nacional.

    Cheguei a ouvir inclusive na Clube um comentarista dizer que o William é melhor, com o que não concordo. William entre uma jogada e outra comete erros de fundamento.

    Quanto ao rival, vai ser interessante ver um grupo que desde os primórdios joga no 3-4-3 mudar para outro sistema que privilegia as jogadas de meio em detrimento das pontas. Tudo isso com um centroavante estilo Valter, ou seja, gordo.

    Curtir

  5. Coitado do aposentado, o Leão não sai da cabecinha oca dele kkkkkkkkkkk #4peias
    205 só a mucura kkkkkkkkkkkkk
    Não esquece q o Biro-biro já derrubou o chiqueiro kkkkkkkkk 33 agora 4 kkkkkk será um novo tabu?

    Curtir

  6. apareceu a margarida ole ole olá!!!
    apareceu a margarida ole ole olá!!!
    apareceu a margarida ole ole oláaa!!!!
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

  7. apareceu a margarida disco furado olé ole olá
    apareceu a margarida disco furado ole ole olá
    ela so fala a mesma coisa olê oLê oláa!!!
    ela não muda esse disco ole ole Oláa
    ela não tem como mudar o disco ole ole olá
    o combustível do time so rende até Santarem ole ole oláaaa
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

  8. Peias de pênaltis? kkkkkk
    Remo freguês de goleadas do Papão kkkk
    Paysandu em terceiro lugar na série B. E o remo com um pé na zona kkkk Da série B?
    Não! Da série C kkkkkkkk
    Credo kkkkk
    Edson reza pro teu time ganhar amanhã kkkkk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s