Bate-papo no boteco virtual – Remo x Santa Cruz

destaque-505873-remoxstcruz-696x392

Campeonato Brasileiro da Série C 2018 – 4ª rodada

Remo x Santa Cruz – estádio Jornalista Edgar Proença, 16h

destaque-696x392

Na Rádio Clube, Claudio Guimarães narra, Carlos Castilho comenta. Reportagens – Paulo Caxiado, Carlos Gaia, Hailton Silva, Francisco Urbano. Banco de Informações – Jerônimo Bezerra

27 comentários em “Bate-papo no boteco virtual – Remo x Santa Cruz

  1. Não dá para entender como o Isac é titular nesse time do Remo, não acredito que seja melhor que o Gabriel. Vejam o gol que a praga perdeu.

    Curtir

  2. Remo e Santa fazem um jogo bem equilibrado, com ligeira superioridade do time visitante até os 15 minutos. Depois, o Remo passou a controlar as ações, perdendo duas grandes chances (com Elielton e Isac, aos 16 e 22 minutos) e marcando o gol aos 30′, em lance que o auxiliar erradamente assinalou impedimento do centroavante Isac.
    Tecnicamente, a partida é interessante, disputada em alta velocidade.

    Curtir

  3. O remo faz uma boa partida, cria chances, mas esse ataque é o culpado pelo zero no placar. Tem que manter essa pegada no segundo tempo e esperar que os atacantes, tenham tranquilidade quando as chances forem criadas.

    Curtir

  4. Melhor partida que o Remo já fez na série C, pelo menos no primeiro tempo.
    Merecia sair com um resultado melhor. Pressionou o Santa e teve algumas chances, apesar de sofrer uns contra ataques, o que é normal devido o volume de ataque azulino.
    É continuar com essa mesma pegada no segundo tempo e ter um pouco mais de competência pra finalizar que o resultado positivo vem.

    Curtir

  5. Últimos minutos do primeiro tempo teve duas jogadas perigosas do Santa, incluindo um chute de Charles no poste esquerdo de Vinícius.
    No geral, foi uma etapa bem disputada, com ligeiro predomínio do Remo quando conseguiu explorar a velocidade de Felipe Marques e Elielton.
    Isac, muito marcado pela torcida, perdeu duas chances de ouro, mas fez o gol, mas árbitro anulou erradamente.

    Curtir

  6. Jogo até disputado em alta velocidade, exigindo muito da capacidade física dos atletas. No Remo, Marques e Levy se sobressaem, mas Moisés também fez boa partida. No Santa, Carlinhos Paraíba é o melhor.

    Curtir

  7. Time do Remo não consegue colocar uma bola na área do Santa Cruz, depende de lances individuais, pois não tem jogadas trabalhadas.

    Curtir

  8. Esse Jaime sempre alheio nos últimos jogos em que tem entrado. Contrataram o Dedeco e nem oportunidade tem para jogar. Jogadores de baixa qualidade técnica e ainda tem torcedor que acredita neste time.

    Curtir

  9. Time até melhorou, mas o ataque deixa a desejar, Isac teve três oportunidades e não fez. Sério candidato ao rebaixamento.

    Curtir

  10. Ja falei mil vezes, tirem o velho Giva e contratem logo o treinador Odair Jose , pois tenho certeza que ele vai tirar o leão desse lugar. rsrsrsrsr e vai levar o leão pra ficar com ele. rsrsrs e não interessa o que os outros vão falar. kikikiki

    Curtir

  11. Empate fez justiça à precariedade técnica do jogo no segundo tempo. Sem a velocidade que fez a partida interessante nos primeiros 45 minutos, os times se dedicaram a esticar bolas ou insistir nos cruzamentos, quase todos defeituosos. O Remo apareceu bem em três situações de área, com Dudu chutando bem perto da trave, Isac desviando de cabeça à direita da trave e em lance de bola aérea no qual um zagueiro puxou o centroavante do Remo pela camisa, mas o árbitro paranaense preferiu ignorar. O Santa teve uma boa chance com Fabinho Alves desviando chute de Carlinhos Paraíba, mas Vinícius defendeu bem.
    As mudanças que Givanildo fez na etapa final não surtiram o efeito desejado. Adenilson substituiu Everton e não conseguiu fazer nenhuma jogada criativa. Jaime entrou na vaga de Felipe Marques, errando todas as tentativas de chute e passe. Martony substituiu Mimica, lesionado.
    Dedeco, destaque do Castanhal, ainda não estreou e Jefferson Recife, tecnicamente melhor que Adenilson, continua esquecido no banco.
    Remo segue em 8º lugar, pressionado pela baixa produção ofensiva e as cobranças da torcida.

    Curtir

  12. Remo jogou bem no primeiro tempo, sustentando uma troca de ataques em velocidade com o Santa Cruz e predominando na maior parte do tempo. O problema é que as chances criadas não são aproveitadas pelos atacantes. Isac, além do gol anulado, desperdiçou a oportunidade surgida no rebote do goleiro após chute de Felipe Marques, isolando a bola sobre a trave. Logo depois, Isac desviou na trave um cruzamento perfeito de F. Marques. Os erros de finalização se repetiram no 2º tempo, atrapalhando a caminhada do time e minando a confiança dos jogadores. Com as limitações técnicas individuais e tanto desperdício fica difícil alcançar a evolução pretendida.

    Curtir

  13. Sobre o jogo contra o Santa Cruz, observe-se que Moisés completa Mimica e que Leandro Brasília e Dudu juntos, não dá, ou um, ou outro. Como Moisés é um zagueiro mais combativo que Bruno Maia encaixou bem na defesa e a exposição da zaga que ocorre é fruto da baixa combatividade que Dudu e Leandro Brasília, juntos, representam. É que sabemos que a cabeça-de-área é fundamental ao desempenho da zaga e Mimica saiu porque a zaga é pressionada intensamente pelo ataque contrário em qualquer jogo, o jogo inteiro. É preciso corrigir esse desequilíbrio e Dudu tem sido um pouco mais eficiente que Leandro Brasília. A aposta de Givanildo em qualificar o passe de saída de bola sacrificou a defensividade e tem sobrecarregado a zaga, inclusive os laterais. Esquerdinha é quem mais sentiu com esta postura do time e, por tabela, Felipe Marques também não rende mais o que rendia antes porque Esquerdinha o apoiava até pouco tempo atrás. Daí que a direita com Levy, Elielton e Dudu é um pouco mais regular que a canhota, e se portou bem hoje.

    A mesma canhota que tem Felipe Marques, deve ter a companhia de Esquerdinha para produzir mais no ataque e ser mais perigosa. Sem Esquerdinha, Felipe Marques fica preso às jogadas individuais. Quando juntos, fazem as melhores jogadas de ataque. Por isso a esquerda não é mais regular, porque Esquerdinha nuns jogos pode atacar e apoiar Felipe marques e noutros fica recolhido.

    Levy é importante para o jogo de Elielton, e vice-versa. Com Levy em campo, Elielton produz mais que contando com Gustavo, embora este faça melhor o balanço defensivo. Definitivamente, Levy não é um lateral que cruza da linha de fundo, mas um ala que joga fechando para a área e tabelando com o ponta, então os cruzamentos errados são mais que esperados, para mim. Levy deveria tentar chegar mais à linha de fundo por dentro da grande área e cruzar rasteiro para os atacantes, mais ou menos como Cafu fazia no São Paulo com Telê, e às vezes entrar mais pelo meio, eventualmente aproveitando um passe mais aprofundado de Elielton, o que já mostrou ser capaz. É preciso ousadia.

    No meio, Everton evoluiu e buscou jogo, mas cansou. Enquanto teve pernas, comandou o ataque e ajudou a manter o Remo no ataque, mas tem que ser mais agudo e às vezes arriscar entrar pelo meio. Isac está perdido em meio aos pontas e alas que Levy e Esquerdinha são, ou deveriam ser. Não compreendo como Isac ainda não encontrou sua forma de artilheiro, por mais que o Remo tenha sido instável e que na maioria dos casos não seja culpa dele que a bola não chegue muito. O problema é que quando chega, não aproveita a oportunidade. Que falta?

    Volto a defender a ideia de que é preciso um cabeça-de-área mais combativo pela esquerda, para liberar o triângulo com Esquerdinha, Felipe Marques e Everton (?) na esquerda, e Levy, Dudu e Elielton na direita, com Everton fazendo a aproximação quando do ataque pela direita. No mais, a manutenção de Moisés na zaga é óbvia, como Vinícius no gol. Óbvio, também é que Isac tenha mais calma para finalizar porque está perdendo gols que não perdia antes.

    Curtir

  14. Mais uma vez o Leão foi roubado pelo apito amigo, gol mal anulado é pênalti não marcado, assim é uma beleza, né Heitor?

    Curtir

  15. Sai daí morde fronha, teu time pegou quatro pisas do Leão kkkkkkkkk chora freguês, chora kkkkk conta até 33 q passa

    Curtir

  16. O Edson é o famoso teco teco vive repetindo a mesma história kkkkkkkk kkkkkkkk kkk eu tendo o remo como rival toda rodada é uma nova piada mimimimi kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  17. Eu tendo paysandu como rival pra tá dando porrada o cliente vip kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  18. Os quatro peias estão aparecendo kkkkkkkk ainda estão magoados com as pisas q pegaram esse ano kkkkkkk conta até 33 q passa

    Curtir

  19. O Edson e o Alessandro estão no desespero com o remo rumo à série D kkkkkkkkk

    Vivam o presente: Papão no G4 da série B e o remo perto da zona de rebaixamento. Da série B? Não, não, não! Da Série C kkkkk

    Ei Edson o remo não aplicou nenhuma pisa no Papão. Só foi 1 a 0 e 2 a 1 e três pênaltis.
    Por isso que eu digo: sem pênalti em favor do remo, sem gol! kkk

    Pisa é goleada e quem meteu quatro gols numa partida só foi o Papão com dois gols do Raí kkkk
    Aliás o Raí está no Confiança e vai enfrentar o remo! Só quero ver o carrasco do remo de novo em ação! kkkkk

    Que recomece o mi mi mi de quem nunca ganhou a Copa Verde 😂😂😂😂😂😂😂😂😂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s