CBF proíbe venda e divulgação de camisa “de esquerda” da Seleção

U5gEvQzO

A CBF decidiu proibir a comercialização de camiseta na cor vermelha, com escudo da entidade. A versão alternativa, “de esquerda”, da camisa da Seleção Brasileira começou a circular e a fazer sucesso nas redes sociais. A criação de uma designer de Uberlândia trazia a camisa vermelha, com o logo da CBF e ainda o símbolo da foice e do martelo.

A ideia era promover uma versão alternativa para pessoas ideologicamente à esquerda, que queriam torcer durante a Copa, mas não vestir a camisa verde e amarela – que acabou virando símbolo das manifestações da direita desde 2013.

Muitos fãs pediram que a designer Luísa Cardoso colocasse a camisa à venda. Ela chegou a pensar no plano e anunciar preços, mas a CBF decidiu estragar a história, entrando com ação na Justiça contra o uso de sua logomarca, protegida por direitos de marca.

Por meio de notificação extra judicial, a CBF avisou a Cardoso que ela não poderia comercializar a camisa e que deveria retirar suas imagens das redes sociais. Também pediram que assinasse termo se comprometendo a não vender sua criação.

Segundo a designer disse ao blog Na Vitrine, do UOL, ela acatou o pedido da CBF e explicou que não tinha começado a produzir a camisa, que surgiu como uma brincadeira. A deia agora é criar uma nova versão da camisa vermelha para venda, mas sem o brasão oficial da Seleção.

Um comentário em “CBF proíbe venda e divulgação de camisa “de esquerda” da Seleção

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s